A palavra prioridade vem do latim “prior” que significa primeiro. Descubra como aumentar a sua produtividade descobrindo quais são as prioridades verdadeiras em sua vida.

Olá amigos!

Encontrei este texto no site lifehacker e gostaria de compartilhar com vocês, pois é um sistema muito interessante, utilizado no dia-a-dia de um dos homens mais ricos do mundo, Warren Buffet. Afinal, ao contrário do que muitas pessoas podem pensar, as pessoas que ganham mais são as que mais produzem. Ou, para ficar claro, são as mais produtivas, pois utilizam o seu tempo (o mesmo tempo de 24 horas que todos temos) para atividades que darão resultado.

Uma dificuldade que surge com a técnica da única coisa, que falamos neste texto – Você quer ter sucesso? Aprenda a regra do livro “A única coisa” – é que nem sempre é tão claro o que deve ser prioridade. Segundo o autor deste mesmo livro, devemos começar a entender a origem da palavra prioridade para apreender o seu sentido:

“Ela tem sua origem no século XIV, do latim prior, “primeiro”. Se algo era o mais importante, era uma “prioridade”. Curiosamente, a prioridade permaneceu sem plural até meados do século XX”.

Então, a dificuldade que pode surgir de definir uma única coisa é que nem sempre temos uma única atividade produtiva. Por exemplo, podemos ter um negócio ou um trabalho e, ao mesmo tempo, cursar uma faculdade, além de fazer um curso de idiomas e um curso de culinária. Só em uma pequena lista como esta, temos pelo menos 4 prioridades. E é muito provável que a lista continue crescente, incluindo atividades igualmente importantes, como tempo para família, lazer e cuidar da casa.

E é aí que entra a técnica de Warren Buffet, este senhor bilionário que vive de maneira modesta e ganha sua vida investindo em dividendos de empresas produtivas. Vejamos:

Priorize seus objetivos com o sistema de 2-Listas

O trecho a abaixo é a tradução do texto – Prioritize your goals with Warren Buffet’s Two-List System:

Trecho: “Scott Dinsomore conta uma história sobre Buffet no qual ele deu a um amigo um conselho sobre como descobrir e atingir os seus objetivos. Faça uma lista com as 25 coisas que você quer atingir nos próximos 5 anos ou mesmo em sua vida toda e então escolha as 5 coisas mais importantes desta lista de 25.

E o que sobrar? Os outros 20 itens? Esqueça deles, por agora:

“Uma vez que os 5 principais objetivos tenham sido escolhidos, Warren então perguntou: ‘mas e quanto a estas outras 20 coisas na sua lista que você não circulou? Qual é o seu plano para realizá-las?” Steve respondeu confiantemente: ‘Bem, as 5 principais coisas são o meu foco primário mas as outras 20 coisas estão em segundo plano. Elas são ainda importantes então eu vou trabalhar nelas intermitentemente à medida em que eu for realizando as 5 principais. Elas não são tão urgentes mas estão ainda no meu plano para dedicar a elas um esforço dedicado”.

Para a surpresa de Steve, Warren respondeu seriamente: ‘Não. Você entendeu errado, Steve. Tudo o que você não escolheu [as 20 coisas] acaba de se tornar a lista que você deve evitar a todo custo. Não importa o que aconteça, estas coisas não devem chamar a sua atenção até que você tenha atingido os 5 principais objetivos'”.

Conclusão

Frequentemente vejo que, para muitos de nós, o mais difícil é encontrar o foco do que deve ser feito. Quanto temos uma lista de 25 prioridades, não temos na verdade nenhuma prioridade. Um item da lista como que fica “brigando” por outro item da lista por mais dedicação, em nossos pensamentos e ora pulamos de uma atividade para outra atividade sem que tenhamos concluído o que era importante na primeira.

Por isso, a técnica da única coisa, do livro de Gary Keller e Jay Papasan, tem sido tão importante para mim. Porém, como tenho como muitos de vocês muitas atividades concomitantes (doutorado, cursos em vídeo, cursos em texto, textos para este site, atendimentos) acaba sendo difícil limitar a apenas uma única ação, pois são áreas relativamente distintas, embora estejam todas incluídas dentro da minha atividade profissional.

Assim, o que fazer? Uma alternativa é excluir de imediato tudo o que não seja realmente importante. E, ao mesmo tempo, resistir a toda e qualquer ideia ou convite para iniciar um outro projeto (acredite, nem sempre é fácil, ainda mais para um intuitivo no sentido junguiano).

De forma que a técnica de duas listas de Buffet reúne estas alternativas:

1) Cria uma lista maior (que incluí os objetivos prioritários e os objetivos para logo mais)

2) Ordena o que é realmente o mais importante. E define: mais do que 5 já é demais.

3) Exclui do nosso foco de atenção tudo o que não for o mais importante. Agora-agora.

4) O depois, os 20 itens restantes, fica para um futuro mais distante – mas ainda dentro do que desejamos realizar.

Psicólogo Clínico e Online (CRP 04/25443), Mestre (UFSJ), Doutor (UFJF), Instrutor de Mindfulness (Unifesp), Coach e Presidente do Instituto Felipe de Souza. Como Professor no site Psicologia MSN venho ministrando dezenas de Cursos de Psicologia, através de textos e Vídeos em HD. Faça como centenas de alunos e aprenda psicologia através de Cursos em Vídeo e Ebooks! Loja de Vídeos e Ebooks. Você pode também agendar uma sessão de Coaching Online via Skype, Relacionamentos ou Carreira (faculdade), fazer o Programa de 8 Semanas de Mindfulness Online e Orientação Profissional Online. E não se esqueça de se inscrever em nosso Canal no Youtube! Email - [email protected] - Atendimento presencial na Av. Paulista: Agendar - Whatsapp (11) 9 8415-6913