Olá amigos! Neste texto, falarei sobre as diversas formas sobre como as pessoas ganham, ou melhor, recebem seu dinheiro, seja através de salários, comissões, participações nos lucros, vendas diretas. O objetivo do texto é definir os modos ou esquemas de reforçamento que estão ligados aos pagamentos, aos salários, às remunerações. Assim, faremos uma adaptação do conceitos de reforçamento – tal qual existem na psicologia comportamental – para a nossa análise de como você quer ganhar dinheiro, ou seja, de que forma é melhor para você trabalhar e receber.

O que é salário?

Dizem os historiadores que a palavra salário vem da forma de receber o pagamento com o sal. Ou seja, no passado, ao invés de a pessoa receber o pagamento em dinheiro, recebia o pagamento em sal, dai sal-ário. No texto anterior, falamos já sobre a definição de dinheiro – Psicólogo Ensina Dicas de como Ganhar Dinheiro

Além do interesse histórico de saber que salário vem do recebimento em sal, gostaria de apontar para vocês que existem ainda formas de receber o pagamento que não em dinheiro.  Pode acontecer de haver troca de serviços. Por exemplo, alguém pinta uma casa e recebe em troca uma quantidade de material de construção. Então, este material servirá como o correspondente do dinheiro ou, se fosse antes, do sal.

Esta também é uma forma interessante de remuneração, pois às vezes nenhum dos dois do exemplo acima tinha dinheiro disponível, ou então a transação de serviço e produto é mais prática para os dois lados. De forma que esta é também uma ideia de como ganhar dinheiro. Você pode oferecer um serviço ou produto que tem disponível e, em troca, receber um outro produto ou serviço.

Por exemplo, eu posso dar uma Consultoria para uma empresa de educação e receber, ao invés do pagamento, um Curso de Pós-Graduação.

Psicologia e Salário – Esquemas de Reforçamento

A psicologia comportamental é uma das abordagens mais bem sucedidas da psicologia e possui o status, entre as outras áreas do conhecimento, como a abordagem da psicologia que é realmente científica, que baseia seus métodos e resultados em pesquisas quantitativas e de forma experimental.

Um dos principais conceitos, já desde Skinner, é o conceito de reforçamento. Vou dar uma definição simples, para que todos possam entender.  Exemplo:

Antes – Comportamento – Depois

Em outras palavras, temos uma sequência temporal: antes de um organismo emitir um comportamento, o comportamento propriamente dito, e o que acontece depois do comportamento ser realizado.

O comportamento é emitido várias vezes e o que vem depois do comportamento, a consequência deste, pode ser considerada reforçadora ou punitiva. Será reforçadora se aumentar o comportamento e será punitiva se diminuir a emissão do comportamento.

Com um exemplo, fica mais claro: Digamos que estamos estudando um Comportamento X.

Comportamento X – Comportamento de abordar o cliente na loja feito pelo vendedor.

Quando o cliente adentra a loja, temos o que vem antes do comportamento. O comportamento que estamos analisando é a abordagem do vendedor, ou seja, o vendedor se aproximar e dizer: “precisa de ajuda?” “posso te ajudar” ou “está procurando algo em especial?” Digamos que o vendedor faça isto 1.000 vezes em uma semana.

O que vem depois do comportamento dele, será o que vai fazer com que o Comportamento X aumente ou diminua. No caso, se alguém trata-o mal quando ele aborda, isto poderá fazer com que o seu comportamento diminua. Deste modo, o comportamento é punido. Se outro cliente trata-o bem, isto poderá fazer com que o seu comportamento aumente. Assim, será um reforço.

Existem ainda tipos de reforçamento (positivo e negativo) e punição (negativa e positiva). Para quem quiser saber mais, sugiro o texto – Behavariorismo de Watson e Skinner

Esquemas de Reforçamento

Também podemos analisar o que é reforçamento para um dado comportamento a partir do tempo que o reforçamento acontece. Então, vamos mudar agora o comportamento X. Ao invés de analisarmos o comportamento de abordar um cliente, vamos analisar o comportamento em geral de trabalhar. Ao emitir o comportamento de trabalhar, 20 dias no mês, o trabalhar receber um reforço (o dinheiro) que pode ser recebido por:

Reforço de Razão Fixa

A cada 20 dias trabalhados (um mês sem contar sábados e domingos), o trabalhador recebe o seu salário fixo, sempre na mesma data. No reforço de razão fixa, a taxa de reforçamento mantém-se a mesma e em intervalos fixos.

Reforço Intermitente

É quando o reforço acontece de forma inesperada, sem controle por parte daquele que o receberá. No exemplo que estamos analisando, podemos dizer que o reforço intermitente será para aqueles trabalhadores que ganham apenas por comissão.

Pense, por exemplo, nos vendedores ambulantes. Aqui em minha cidade, conheço uma senhora que vende doces na rua. Ela emite o comportamento de trabalhar (que é vender) todos os 20 dias do mês. Porém, ao invés de receber o salário depois deste período ela recebe o pagamento de forma intermitente. Ora ela consegue realizar a venda e recebe à vista, ora ela vende e recebe depois de uns dias e, ainda, outras pessoas pagam por mês.

Deste modo, esta vendedora nunca sabe direito quando vai receber. O reforço (o pagamento) é intermitente.

E você? Como quer ganhar dinheiro?

Eu falei até aqui teoricamente. Agora quero explicar para vocês como tudo isto que foi dito pode ser pensado no nosso dia-a-dia, na escolha de nossa forma de remuneração, no nosso tipo de trabalho. Afinal, é melhor saber todas as possibilidades antes de escolher ou até para poder mudar. Talvez você não esteja satisfeito com a forma como está ganhando dinheiro e isto pode ser apenas pelo fato de você estar ganhando de uma forma não lhe atrai.

Quero estabilidade

Bem, se você quer estabilidade, saber quanto exatamente vai entrar de dinheiro por mês, a melhor forma é encontrar um emprego com salário fixo. A estabilidade, entretanto, pode ser adquirida não só em concursos públicos como também em empresas privadas, desde que você dedique-se.

E aqui vai uma dica para ter estabilidade: faça sempre mais do que lhe é pedido. Agindo desta forma, fica até mais provável que você consiga subir de cargo ou receber uma proposta melhor de emprego.

Enfim, se você quer estabilidade, se este é o seu perfil, a melhor forma é encontra um trabalho que lhe pague por mês, com regularidade e, de preferência, em um dia ou período fixo (como por exemplo, o 5° dia útil).

Quero autonomia

Podemos definir autonomia como “mandar em si mesmo” “ter poder sobre si mesmo”.

Acima eu dei o exemplo da senhora que vende doces aqui nas ruas de São Lourenço. Ora, ela mesmo é a sua própria chefe. Ela tem autonomia para trabalhar no dia e na hora que quiser. Para algumas pessoas, esta é a melhor forma de ganhar, pois tem liberdade para ir e vir e, embora não seja uma regra, podem ganhar mais do que as pessoas que preferem estabilidade.

Pensando no salário mínimo. Atualmente, o salário é R$678,00. Se a gente dividir este valor por 30 (dias) teremos que a pessoa que ganha salário mínimo ganha 33,90 por dia.

Agora digamos que esta senhora venda os doces e em cada doce ela ganhe de lucro 3 reais. Se ela vender 11 doces, ela já terá ganhado o correspondente do salário mínimo. Só que ela vende muito mais doces do que isso. Se ela vender 11 doces em 1 hora, terá ganhado 33 reais. Se trabalhar, digamos, 4 horas terá ganhado 132 reais.

Vamos colocar que ela trabalhe 20 dias no mês. Se ela trabalhar 4 horas por dia e ganhar 132 nestas 4 horas, terá ganho 2,640 reais em um mês.

Autonomia versus Estabilidade

Muitas pessoas preferem autonomia, muitas pessoas preferem estabilidade. E cada uma das duas formas de ganhar dinheiro tem suas vantagens e desvantagens. No exemplo da senhora dos doces, disse que ela pode ganhar mais, mas ela pode também ganhar menos. Em um dia vender muito e, em outro, não vender quase nada. Ainda há a desvantagem de que se ela vender a prazo, pode vir a não receber.

Por outro lado, ela tem a vantagem de não ter que dar satisfação a ninguém, pode escolher que horas vai sair para trabalhar, que dia vai e que dia não vai. Este é o lado bom da autonomia.

Por isso, muitas empresas tentam juntar os dois lados (embora em uma empresa a autonomia possa ser menor no fato de ter que se reportar a alguém superior), o esquema de reforçamento intermitente pode ser ligado com o esquema fixo.

Por exemplo, quando eu trabalhei como Analista de Recursos Humanos, recebia um salário fixo – o mesmo todo mês. Mas recebia também comissões por trabalhos concluídos. As comissões variavam de mês a mês. Com isso, em um mês ganhava o salário (podia sempre contar com o salário) e uma boa comissão. Em outro mês, a comissão diminuía, mas mesmo assim ainda tinha disponível o salário.

Esta forma de ganhar dinheiro é boa tanto para empresas quanto para empregados. É bom para as empresas porque os funcionários com certeza se dedicarão mais ao trabalho, pois, se o fizerem, ganharão mais. Para o empregado, é vantajoso porque ele não ficará sem saber se receberá ou não (pois tem o salário fixo), mas batalhará para ganhar sempre mais, fazendo o salário base aumentar com as comissões.

Conclusão

Existem muitos modos diferentes de ganhar dinheiro. No texto, não falamos das mais variadas formas de trabalho, mas sim dos tipos de remuneração, ou seja, como as pessoas optam por trabalhar e receber a sua remuneração. Alguns preferem receber todo mês o mesmo salário, enquanto outros preferem receber por produção, pela quantia correspondente de vendas ou conclusão de trabalhos.

Há ainda, outros, que conseguem – em empresas – unir as duas formas, tirando o melhor da autonomia e o melhor da estabilidade.

Mas como tudo na vida, é necessário ter autoconhecimento. Às vezes, as pessoas sofrem não pelo tipo de trabalho que tem, às vezes o sofrimento vem da forma como elas estão recebendo o salário.

Por exemplo, imagine um webdesigner. Ele pode trabalhar por serviço entregue ou pode receber salário fixo em uma empresa. Ele pode começar a reclamar pelo fato de estar trabalhando sobre pressão para diversos “chefes” diferentes, ou seja, quando tem que fazer serviços para empresas diferentes como freelancer. A pressão pelos prazos e a forma de pagamento, por serviço, pode ser extremamente frustrante para algumas pessoas.

Então, ao invés de mudar de área, a pessoa pode avaliar esta parte de seu trabalho – a forma como quer receber o dinheiro. No exemplo, o webdesigner pode encontrar um emprego em uma empresa e assim receber salário fixo ou, ainda, salário fixo mais comissão.

Qualquer dúvida, deixem uma resposta abaixo!

Psicólogo Clínico e Online (CRP 06/145929), Mestre (UFSJ), Doutor (UFJF), Instrutor de Mindfulness e Pós-Doutorando (Unifesp), Coach e Presidente do Instituto Felipe de Souza. Como Professor no site Psicologia MSN venho ministrando dezenas de Cursos de Psicologia, através de textos e Vídeos em HD. Faça como centenas de alunos e aprenda psicologia através de Cursos em Vídeo e Ebooks! Loja de Vídeos e Ebooks. Você pode também agendar uma sessão de Coaching Online via Skype, Relacionamentos ou Carreira (faculdade), fazer o Programa de 8 Semanas de Mindfulness Online e Orientação Profissional Online. E não se esqueça de se inscrever em nosso Canal no Youtube! Email - [email protected] - Agendar - Whatsapp (11) 9 8415-6913