É muito comum ouvirmos que o frio é psicológico. Como esta é uma frase que é muito dita – especialmente agora no outono e no inverno – decidi responder a uma dúvida presente em diversas conversas. Afinal, o frio é mesmo psicológico?

Bem, para respondermos a esta questão devemos dizer primeiro o que é psicológico, não é mesmo? Você já ouviu ou sabe o que quer dizer psicológico?

Psicológico vem de psique, palavra grega que significa alma. Então, ao falarmos que o frio é psicológico estamos dizendo que o frio é psíquico, o frio vem da alma e não do corpo.

Agora, a questão é responder se o frio é psicológico ou se o frio é corporal. Vejamos:

O frio não é psicológico

O frio não é psicológico pois sabemos que a temperatura externa afeta o organismo que reagirá ao ambiente de uma determinada maneira. Por exemplo, em temperaturas altas o corpo sua para equilibrar a temperatura, e em temperaturas baixas o corpo tem seus mecanismos de proteção, como por exemplo, os pelos se arrepiam, o corpo fica encolhido, etc.

Então, o frio não é psicológico pois há algo objetivo com o qual podemos ter certeza que as pessoas reagirão com respostas típicas, de acordo com a temperatura.

Basta pensarmos no número de pessoas que irão à praia quando estiver 10 graus Celsius. O número será, claro, infinitamente inferior ao número de pessoas que sairão quando estiver 35-40 graus.

O frio é psicológico

Entretanto, ainda que tenhamos uma medida objetiva, física, comprovável através de instrumentos para saber que o frio – e o calor – afetam os organismos, também temos que levar em conta que há fatores subjetivos e culturais no modo como o ambiente é interpretado.

Aqui em minha cidade, São Lourenço, sul de Minas, o frio é relativamente intenso, facilmente chegando a temperaturas de 5 a 15 graus a noite no outono e no inverno. Há pouco tempo atrás, vivia aqui um inglês que nas noites mais frias do inverno, quando a temperatura estava perto do zero grau, que saía de short e camisa. Quando perguntávamos a ele se ele não estava com frio (e todos estavam!) ele dizia que a temperatura era igual á Inglaterra no verão. Para ele, estava ótimo, parecia uma noite agradável, sem frio algum.

Neste caso, o fator cultural é claro. Como tinha nascido em um país bem mais gelado do que o nosso, ele já tinha se acostumado com o frio. Temperaturas do inverno eram para ele temperaturas do verão. Não sei até que ponto isto é exato, mas a vivência subjetiva dele era inquestionável. Ele realmente não precisava de blusas.

Outro exemplo, mas o contrário, é o de nossos primos que vivem em Natal, no Rio Grande do Norte. Quando eles vinham para cá, vestiam blusas de frio quando estava 20-25 graus! Ou seja, ninguém estava sentindo frio, mas como eles não estavam acostumados com este tempo, sentiam que o ar estava gelado e que era preciso se agasalhar.

Agora, a prova mais significativa para dizer que o frio é, até certo ponto, psicológico é fazer o seguinte: em um dia de frio, tente, por exemplo, sair do banho e cantar uma música, ou prestar atenção em uma música em sua cabeça. Quando mudamos o foco do cinestésico, das sensações corporais, para o auditivo, nossa atenção se desloca e é certo que você sentirá menos frio, e talvez nem perceba que está frio.

De modo que o frio é sim psicológico, pois pode ser alterado pelo modo como sentimos o frio, seja a partir da nossa história de vida, influenciada pela cultura, ou por mudarmos a nossa atenção para outro foco, como por exemplo, ficar distraído ouvindo música, quando poderíamos estar tremendo.

Psicólogo Clínico e Online (CRP 06/145929), Mestre (UFSJ), Doutor (UFJF), Instrutor de Mindfulness e Pós-Doutorando (Unifesp), Coach e Presidente do Instituto Felipe de Souza. Como Professor no site Psicologia MSN venho ministrando dezenas de Cursos de Psicologia, através de textos e Vídeos em HD. Faça como centenas de alunos e aprenda psicologia através de Cursos em Vídeo e Ebooks! Loja de Vídeos e Ebooks. Você pode também agendar uma sessão de Coaching Online via Skype, Relacionamentos ou Carreira (faculdade), fazer o Programa de 8 Semanas de Mindfulness Online e Orientação Profissional Online. E não se esqueça de se inscrever em nosso Canal no Youtube! Email - [email protected] - Agendar - Whatsapp (11) 9 8415-6913