Quando nós estudamos administração, aprendemos sobre como criar um plano de negócios. Um plano de negócios ajuda uma determinada empresa a ter clareza sobre o seus propósitos e ajuda a conseguir financiamentos e empréstimos.

Para a nossa carreira individual, nós também podemos criar um plano de negócios. A ideia aqui é tratar a carreira como um negócio. Veremos no passo a passo a seguir o que é necessário para criar um plano de negócios e imediatamente veremos a utilidade de utilizar esta forma de pensamento para estruturar melhor o nosso desenvolvimento profissional.

Um plano de negócios para a carreira

Slogan

Toda empresa tem ou deveria ter um slogan, isto é, uma pequena frase que norteia o seus propósitos, os seus valores. Uma das empresas mais bem avaliadas do mundo e de maior valor de mercado é a Apple. Um slogan é como um monte como um lema. A Apple diz para si, para seus funcionários, e para o mundo: pense diferente (Think different)

Na nossa carreira também podemos definir um slogan que vai sempre ser a referência do que nós queremos deixar para o mundo. A palavra slogan pode ser substituída por valor pessoal, em outras palavras, o que nós valorizamos mais.

Evidentemente, cada pessoa deve definir para si mesma seus valores. Para ajudar aqui nós podemos dar alguns exemplos. Uma pessoa que trabalha na área de saúde pode definir seu slogan como estando relacionado a ajudar o próximo. Uma pessoa que trabalha com viagens talvez crie um pensamento ligado à liberdade.

É importante lembrar que em todo este processo é fundamental ativar a criatividade. Não existe uma resposta certa ou errada. É possível ter várias ideias, substit, trocar, pensar e repensar de novo.

Objetivos de curto prazo e objetivos de longo prazo

A ideia de longo prazo e te curto prazo é bastante conhecida na economia e na administração. Embora não exista consenso sobre uma determinação de prazos universal para distinguir o que é curto e o que é longo prazo, é comum vermos a definição de curto prazo como de três a cinco anos. E de longo prazo mais do que isso.

Se no slogan nós definimos os nossos valores ou o nosso valor mais fundamental, no que tange aos objetivos nós estamos definindo metas bem específicas. Por exemplo, alguém pode definir que no curto prazo deseja terminar a faculdade ou uma pós graduação. No longo prazo, objetivo é atingir um cargo de gerente.

Um profissional liberal pode ter definir quem no curto prazo quer ter um número determinado de clientes e no longo prazo aumentar a sua renda para um valor superior a X ou ser reconhecido em sua cidade.

De novo, é importante ter em mente que não existe uma resposta certa ou errada. Também nada impede que voltemos de tempos em tempos aos nossos objetivos e os refaçamos.

Operacionalização

Em um plano de negócios é preciso definir com precisão o como. Como a empresa vai operar? Quem  vai contratar? A quem se destina, ou seja, quem serão os clientes? O que vai produzir ou oferecer como serviço? Vai ter estoque? Aonde será o seu endereço, sua localização? Quem serão os parceiros?

Tudo isso faz parte do como a empresa vai operar. Para o plano de negócios individual, nem sempre é necessário ser tão detalhado como um plano de negócios empresarial. Entretanto, algumas destas perguntas acima são muito interessantes e o úteis para o desenvolvimento de uma carreira.

Por exemplo, para nossa área da psicologia clínica, ao abrir um consultório, é necessário responder algumas dessas perguntas: talvez seja preciso contratar uma secretária, é imprescindível definir o público-alvo, os detalhes do serviço, o melhor bairro, fazer contatos com outros profissionais da área da saúde, etc.

Planos de contingência

E, por fim, devemos definir o que podemos chamar de planos de contingência. Trazendo ainda o exemplo da psicologia clínica, é comum que os meses de dezembro e julho tenham menos clientes devido ao período de férias. Não é uma regra cem porcento geral mas acontece em muitos consultórios.

Então, ao criar um plano de negócios, também devemos incluir um plano de contingência para possíveis problemas ou dificuldades. Se os meses de dezembro julho não são tão ativos quanto os outros, o que se pode fazer? É melhor fechar o consultório para cortar custos? Ou é melhor guardar uma parte dos lucros dos outros meses para cobrir as despesas? É possível dar férias para a secretária nesse período e ao mesmo tempo tirar férias?

Perguntas como essas, antecipando uma dificuldade, ajudam a não ter contratempos e a superar esses pequenos problemas.

Conclusão

Um plano de negócios, contendo um slogan (valor ou missão), objetivos de curto e longo prazo, detalhes sobre como será a operação no dia a dia e ideias para a superação de possíveis dificuldades auxilia-nos a ter muito mais clareza do que estamos fazendo e para onde estamos indo.

Um detalhe a ter sempre em consideração é que de tempos em tempos devemos revisar o plano. Afinal, a melhor empresa e o melhor profissional é aquele que se adapta às circunstâncias.

Dúvidas, sugestões, comentários, por favor, escreva abaixo!

Psicólogo Clínico e Online (CRP 06/145929), Mestre (UFSJ), Doutor (UFJF), Instrutor de Mindfulness e Pós-Doutorando (Unifesp), Coach e Presidente do Instituto Felipe de Souza. Como Professor no site Psicologia MSN venho ministrando dezenas de Cursos de Psicologia, através de textos e Vídeos em HD. Faça como centenas de alunos e aprenda psicologia através de Cursos em Vídeo e Ebooks! Loja de Vídeos e Ebooks. Você pode também agendar uma sessão de Coaching Online via Skype, Relacionamentos ou Carreira (faculdade), fazer o Programa de 8 Semanas de Mindfulness Online e Orientação Profissional Online. E não se esqueça de se inscrever em nosso Canal no Youtube! Email - [email protected] - Agendar - Whatsapp (11) 9 8415-6913