Olá amigos!

Durante a faculdade de psicologia, tive a oportunidade de conviver diariamente com três brilhantes estudantes da obra de Lacan. Aprendi tanto na sala um tanto quanto desorganizada da república quanto nas aulas de professores doutores na área.

Me lembro como se fosse hoje de uma discussão acalorada sobre os rumos da psicanálise. Estávamos em 2003, o início do século XXI. Com o desenvolvimento tecnológico sem precedentes nas últimas décadas do século XX e com o surgimento de técnicas psicoterapêuticas – ou um pouco marginais à psicologia como a PNL – víamos a perspectiva segundo a qual o tempo necessário para a melhora de um sintoma não precisava ser longo. Terapias breves… e até curas em 15 minutos.

Para que ficar anos e anos em análise? Deitar no divã do psicanalista estaria ultrapassado? A psicanálise morreria inevitavelmente e seria tão somente uma curiosidade histórica?

Existem respostas e respostas a essas perguntas de acordo com o lugar a partir do qual o sujeito que responde se coloca.

Esta semana, tive o prazer de receber o livro Da palavra ao gesto do analista, de Jorge Forbes. É uma nova edição (a 2° pois a primeira encontrava-se esgotada) pela Editora Manole.

O objetivo do livro, fácil de ler em virtude de ser a transcrição de seminários, é justamente responder às questões acima. Para quem estuda psicanálise, talvez seja desnecessário apresentar Jorge Forbes. Mas para quem por ventura está começando agora, segue a sua biografia:

O Autor – Jorge Forbes

Psicanalista e Médico Psiquiatra. Doutor em Teoria Psicanalítica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Doutor em Ciências pela Faculdade de Medicina (Neurologia) da Universidade de São Paulo (FMUSP). Mestre em Psicanálise pela Université Paris 8 – Vincennes – Saint-Denis. Analista Membro (A. M. E) da Escola Brasileira de Psicanálise (EBP), da qual foi o primeiro Diretor-Geral; e da Escola Europeia de Psicanálise (EEP). Membro da Associação Mundial de Psicanálise (AMP). Presidente do Instituto de Psicanálise Lacaniana (IPLA) e do Projeto Análise. Diretor da Clínica de Psicanálise do Centro de Estudos do Genoma Humano da Universidade de São Paulo (CEGH – USP). Dentro os livros de sua autoria, Inconsciente e Responsabilidade: Psicanálise no século XXI, publicado pela Editora Manole, recebeu o Prêmio Jabuti 2013 na categoria Psicologia e Psicanálise.

É um dos principais introdutores do ensino de Jacques Lacan no Brasil, de quem frequentou os seminários em Paris, de 1976 a 1981. Teve participação fundamental na criação da Escola Brasileira de Psicanálise, da qual foi o primeiro diretor-geral.

Da palavra ao gesto do analista

Da palavra ao gesto do analista - Jorge Forbes

O livro Da palavra ao gesto do analista – Jorge Forbes

 

Embora um tanto quanto distante do estudo da psicanálise lacaniana, encontrei no livro de Forbes as questões que estavam presentes na época da faculdade e haviam ficado um pouco de lado. Curiosamente, os seminários são de um período relativamente próximo (1996). Imagino como teria sido interessante ter tido acesso ao livro naquela época.

Uma dúvida que pode surgir do leitor do site é sobre o nível de dificuldade ou exigência do livro. Quem já possui certa familiaridade com o ensino de Lacan, reconhecerá no próprio título a passagem da primeira para a segunda clínica de Lacan, a Clínica do Real.

Como o próprio autor aponta:

“A partir do título do seminário, poderíamos criar uma série de títulos da sequência de uma análise: ‘Do sintoma ao sinthoma’, ‘Do prazer ao gozo’, ‘Do significante ao objeto’, ‘Da palavra ao silêncio’ e ‘Da palavra comunicada ao gosto da palavra'” (FORBES, p. 20).

Imagino que, quem nunca tiver estudado psicanálise e especialmente a psicanálise lacaniana, o título e os outros títulos possíveis não significarão muita coisa. Por isso o livro seria difícil de ler?

Em minha opinião, não. Porque, se tratando de um seminário – como os de Lacan ou Jacques Alain-Miller – o aspecto da oralidade torna mais compreensível a mensagem, além de divertido e muitas vezes engraçado.

Claro que as pessoas que tem mais domínio da psicanálise aproveitarão mais o livro. Entretanto, recomendo a todos que desejam se inserir mais no meio psicanalítico e conhecer histórias das análises da segunda clínica de Lacan e de como a psicanalista tem lidado com o mundo atual e como o mundo atual perde ao excluir a psicanálise como tão somente uma curiosidade histórica.

Para concluir a nossa indicação, vou disponibilizar abaixo o sumário:

1) O sabor da palavra

2) Você é isto

3) Em ato, a palavra dura

4) O analista e o ator

5) Ridículas palavras recalcadas

6) O excesso – a falta do analista

7) Repetir na idiotice ou repetir na novidade

8) As quatro posições subjetivas

9) A terra é azul

10) Analista, como o santo, não faz caridade

11) Do poder à causa

12) Lacan no tom

Curso – O que faz um psicanalista

O livro também deu origem ao curso on-line “O que faz um psicanalista”, realizado pela Manole Educação, que  trata do papel que cabe ao psicanalista na clínica lacaniana, sendo ele – o psicanalista – elaborador de uma arte por meio da palavra e de seu gesto.

As aulas inaugurais de cada módulo, que começa no dia 2 de março, serão proferidas por Jorge Forbes e transmitidas ao vivo do auditório da Editora Manole.

CURSO 1:  O SABOR DA PALAVRA – O ANALISTA LACANIANO COMO INTÉRPRETE.

O primeiro curso trata da interpretação na clínica psicanalítica lacaniana a partir da palavra que significa, que dá sentido ao mundo, que comunica, para alcançar a palavra que comove, que cria, que inventa mundos, a palavra poética, consequência do ato do analista.

CURSO 2: O ANALISTA E O ATOR – O ATO ANALÍTICO.

O cerne do segundo curso é o ato analítico, pelo viés da comparação do analista e do ator (via Diderot). Qual a técnica de um e outro para comoverem? Exemplos da literatura e da clínica serão trabalhados.

CURSO 3: DO INCOMPLETO À CRIAÇÃO – REPETIÇÃO E INVENÇÃO NA PSICANÁLISE. O foco do terceiro curso é a incompletude do ofício do analista, capaz de levar o paciente de uma análise da mesmice da repetição a um final criativo de novas saídas para a vida. Repetir o esperado ou a surpresa?

CURSO 4: O ANALISTA, COMO O SANTO, NÃO FAZ CARIDADE – DA AGRESSIVIDADE AO REENCONTRO COM A PALAVRA.

O quarto e último curso trata do final da análise como reencontro com a palavra, como uma nova maneira de trabalhar a articulação da palavra com o corpo. O “corpo falante”.

Datas

A primeira aula de cada curso terá transmissão on-line e ao vivo. As demais aulas serão gravadas e liberadas aos alunos uma semana antes do chat para esclarecimento de dúvidas com o professor. As datas e horários de transmissão dos chats estão na programação do curso.

CURSO 1: De março à abril

CURSO 2: De maio à junho

CURSO 3: De agosto à setembro

CURSO 4: De outubro à novembro

CARGA HORÁRIA

20 horas cada curso, composto de aulas expositivas com estudo de casos e atividades on-line, como participação em chats e fóruns de discussão.

Para mais informações sobre o curso, acesse o site: www.manoleeducacao.com.br/psicanalista

Psicólogo Clínico e Online (CRP 06/145929), Mestre (UFSJ), Doutor (UFJF), Instrutor de Mindfulness e Pós-Doutorando (Unifesp), Coach e Presidente do Instituto Felipe de Souza. Como Professor no site Psicologia MSN venho ministrando dezenas de Cursos de Psicologia, através de textos e Vídeos em HD. Faça como centenas de alunos e aprenda psicologia através de Cursos em Vídeo e Ebooks! Loja de Vídeos e Ebooks. Você pode também agendar uma sessão de Coaching Online via Skype, Relacionamentos ou Carreira (faculdade), fazer o Programa de 8 Semanas de Mindfulness Online e Orientação Profissional Online. E não se esqueça de se inscrever em nosso Canal no Youtube! Email - [email protected] - Agendar - Whatsapp (11) 9 8415-6913