Olá amigos!

Praticamente todos os dias eu recebo emails e comentários de pessoas interessadas em fazer a faculdade de psicologia. Eu, Felipe de Souza, formado em psicologia em 2006, procuro ajudar e incentivar na medida do possível. Afinal, sou entusiasmado pelo ensino e o Ensino Superior (a faculdade) é um grande salto em conhecimentos. De verdade, penso que fazer uma faculdade pode mudar uma vida…

E digo isto não só financeiramente, pois um dos grandes objetivos de fazer uma faculdade – além de aprender muito sobre uma determinada área do conhecimento – é ter mais oportunidades de trabalho. Em suma, ganhar mais ou trabalhar menos.

Segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, (FGV), para cada um ano a mais de estudo, ganhamos em média 15% mais. Se somarmos, veremos que 4 anos de faculdade tendem a proporcionar salários 60% maiores. E, talvez, até mais.

Mas sempre surge a dúvida e o receio de fazer uma faculdade e não conseguir uma colocação profissional. Ou não conseguir ganhar tanto quanto era sonhado no início do curso. Ou até ficar desempregado, ter que conseguir um subemprego ou partir para uma segunda graduação.

Infelizmente, não há como prever o futuro. Como diria um querido professor em meu doutorado, o máximo que está sob nosso controle é uma aposta. É apostar que vai dar certo. É como jogar os dados e esperar para que as condições sejam favoráveis.

A fim de evitar as intempéries e dificuldades, muitos profissionais recém-formados procuram a proteção da estabilidade de um concurso público. Embora isto seja mais comum em certas áreas (como formados em direito), também vemos este interesse e expectativa em nossa área.

Um relato pessoal (e relativamente histórico)

Em vários outros textos aqui do site, mencionei a minha trajetória profissional. Quando me formei em 2006 (julho), trabalhei 2 semanas em um asilo e sai, pois teria que modificar todo o trabalho da psicóloga anterior (com cujos métodos não concordava) e, no final das contas, estava apenas cobrindo uma licença. Ou seja, ela voltaria depois de 4 meses. Portanto, não havia sentido nenhum em continuar.

Abri meu consultório, mas em uma cidade pequena e com 22 anos foi um pouco difícil. Decidi tentar então concursos públicos. A minha cidade (São Lourenço, MG) e todas as cidades vizinhas (Soledade, Caxambu, Baependi) estavam com concursos abertos.

Sinceramente, não sei dizer se as respostas foram vendidas ou não. O que sei é que as provas não tinham nenhuma relação com os editais. Quando os li, fiquei animado porque pedia, por exemplo, muitos conhecimentos da psicanálise lacaniana. Na prova, só houve uma pergunta sobre psicanálise e mesmo assim sem sentido algum.

Portanto, não posso acusar os organizadores do concurso de fraude. Mas que foram concursos muito estranhos foram. De todo modo, o que gostaria de comentar com vocês é a questão do piso salarial.

Em 2006, os salários oferecidos giravam em torno de 1200 reais. Isto há cerca de 9 anos, quando o salário mínimo era de 350 reais.

Mas o que mais nos espanta não são os baixos salários na época. O que mais espanta é que os salários praticamente não subiram nestes últimos 9 anos! Se em 2006, a média oferecida estava em torno de 3 salários mínimos, hoje não chega a 2 salários.

A página do facebook, Psicoloucos, publicou o seguinte levantamento:

Faixa salarial para psicologia em concursos (atual)

“Psicólogos e estudantes de Psicologia de Parnaíba estão revoltados com o edital do concurso lançado esse mês pela prefeitura. O edital coloca que a remuneração do profissional de nível superior é a mesma do nível médio, o que os profissionais apontam e classificam como mais absurdo é o valor de R$ 890,00 por 30 horas (http://migre.me/iAb6P). Em Cachoeirinha, o salário oferecido é R$ 1.200,00 por 40h semanais (http://migre.me/iAab6). E em Alagoa Grande, R$1.360,00 por 30h semanais (http://migre.me/iAa3k). Já no concurso para o Hospital das Clínicas da USP, a remuneração de Psicólogo é de R$1.269,02 (http://migre.me/iA917).

No ano passado, concurso para vaga na secretaria de saúde do Rio de Janeiro oferecia R$1.580 (http://migre.me/iA9th). O salário oferecido pela prefeitura de Pacaembu foi de R$ 1.100,00 por 30h semanais (http://migre.me/iAat2). Em Ipanema, R$ 1000,00 por 30h semanais (http://migre.me/iAbo4). Em Carmo da Mata, 1.272,00 por 30h semanais (http://migre.me/iAamF). No município de Bom Jardim de Goiás, o salário oferecido em concurso público é de R$ 1.450,00 por 40h semanais (http://migre.me/iA9US).

Os melhores salários de concursos para psicologia

Entretanto, é importante dizer que existem salários de concursos para psicólogos que oferecem remunerações melhores. Até onde sei, posso citar dois tipos:

1) Concursos para o Exército, Marinha ou Aeronáutica

A vantagem é que o profissional da saúde (psicólogo ou psicóloga inclusos) já entram para um Curso de Formação de Oficiais de Patente Superior. Em outras palavras, não é necessário começar da base, dependendo do Edital, entra como Tenente.

Os salários giram em torno de 4 a 5 mil reais.

Detalhe: concursos para a Polícia Militar e Bombeiros normalmente oferecem salários mais altos do que de prefeituras, com estabilidade e possibilidade de crescimento.

2) Concursos para Professor em Universidades Públicas

Os salários de concursos mais altos para a área da psicologia que encontramos é como professor em Universidades Federais ou Estaduais. Entretanto, para participar do processo seletivo é necessário ter pelo menos o título de mestre (pós-graduação stricto sensu) ou, na grande maior parte dos casos, de doutor.

De modo que somando, a graduação em psicologia (4 a 5 anos), o mestrado (2 anos) e o doutorado (4 anos) temos que estudar pelo menos 10 anos desde o Ensino Médio para participar destes concursos.

A vantagem são os salários que, embora também não tenham subido nos últimos 10 anos ou mais, são ainda significativos – se compararmos com o salário mínimo:

Para mestre, paga-se por volta de 4 a 5 mil reais, enquanto para doutor, paga-se de 6 a 8 mil reais. Acumulando outras funções, como cargos administrativos na faculdade ou tempo de serviço, muitos professores chegam (e até passam) dos 12 mil reais.

Detalhe importante: Em regiões mais afastadas do Brasil, especialmente no norte, entretanto, é possível conseguir participar de processos seletivos para professor tendo apenas a graduação.

Conclusão

Como vimos, nos últimos anos os salários para concursos de prefeituras não subiram. Em certas cidades, chega-se até ao absurdo de oferecer apenas um salário mínimo para trabalhar 30 horas (6 horas por dia) ou o bizarro de ter que trabalhar 8 horas por dia, como um profissional de Ensino Superior, de uma profissão que muito exige, para ganhar 1 salário.

Contudo, como mostro neste texto – Por que os psicólogos ganham tão mal? – temos que considerar os fatores econômicos antes de tudo. No mercado de trabalho e, por derivação, nos concursos, existe a lei da oferta e da procura.

Se uma prefeitura abre um edital por 830 reais por mês e aparecem 10 recém-formados para concorrer, para que a prefeitura subiria os salários?

Outro aspecto da questão é que o Conselho Federal de Psicologia, como autarquia máxima e representativa da categoria, deveria intervir mais na tentativa de passar um piso salarial maior ou, nem que fosse, fazer pressão para que salários pífios não fossem sequer oferecidos.

O que notamos é que o CFP, infelizmente, até hoje não tem muita força política para dar voz política aos mais de 250.000 profissionais da psicologia em nosso país.

A saída é buscar uma colocação profissional no setor privado, em empresas, indústrias, escolas, hospitais ou como profissional liberal. Outra possibilidade, como mostrei acima, é participar de concursos com salários melhores, especialmente das Forças Armadas, dos Bombeiros ou Polícia Militar ou em Universidades Públicas ou Privadas.

Psicólogo Clínico e Online (CRP 06/145929), formado há 14 anos, Mestre (UFSJ) e Doutor (UFJF), Instrutor de Mindfulness, Coach e Presidente do Instituto Felipe de Souza. Como Professor no site Psicologia MSN venho ministrando dezenas de Cursos de Psicologia, através de textos e Vídeos em HD. Faça como centenas de alunos e aprenda psicologia através de Cursos em Vídeo e Ebooks! Loja de Vídeos e Ebooks. Você pode também agendar uma Sessão Online via Skype, Problemas de Relacionamentos ou Orientação Profissional e Coaching de Carreira , fazer o Programa de 8 Semanas de Mindfulness Online. E não se esqueça de se inscrever em nosso Canal no Youtube! e Instagram! Email - [email protected] - Agendar - Whatsapp (11) 9 8415-6913