Olá amigos!

Ontem eu publiquei um novo Vídeo no nosso Canal no Youtube intitulado “Compensa fazer a faculdade de psicologia (pelo salário)? No vídeo, que também compartilho aqui no site, eu procurei responder a uma pergunta que é muito frequente aqui no site e que recebo por email. A pergunta poderia ser resumida da seguinte forma:

“Olha, Dr. Felipe, gosto muito da psicologia, sou uma pessoa que sabe ouvir e dar bons conselhos, tenho muita vontade de fazer a faculdade de psicologia, mas a minha família, os meus amigos dizem que não é para eu fazer a faculdade de psicologia porque não dá dinheiro. O que você acha? Devo fazer a faculdade?”

Compensa fazer a faculdade de psicologia?

Já se inscreveu no nosso Canal do Youtube? São mais de 1000 inscritos! Se não tiver se inscrito ainda, clique aqui. Então, será que os psicólogos ganham realmente pouco? Saiba o salário inicial, intermediário e Sênior e veja a resposta no vídeo e leia depois os complementos:

Complementos ao Vídeo

Eu recebi alguns comentários muito interessantes de colegas psicólogos. E gostaria de complementar o vídeo com alguns pontos.

Primeiro, apesar do que a grande maioria das pessoas pensa, é possível sim fazer uma faculdade sem levar em conta o motivo de ganhar dinheiro. Se formos parar para analisar, a faculdade não deve ser encarada apenas como um lugar aonde a gente vai e ganha depois de 4, 5 anos uma profissão. A ideia por trás da Universidade, desde o seu início no século XIII, é ser um lugar de ensino e de aprendizagem.

Ou seja, a Universidade existe para que possamos aprender uma área do conhecimento humano. Embora nos últimos anos as universidades públicas tenham fechado o currículo de cada faculdade em si, ainda é possível fazer disciplinas em outras faculdades dentro da mesma Universidade. Por exemplo, eu fiz cerca de meio semestre em filosofia, fiz disciplina na história e fiz iniciação científica na faculdade de letras. De forma que o sentido último da faculdade é aprender. Assim, eu tive a oportunidade de aprender psicologia, mas não só psicologia.

Evidente que por trás de tudo está a ideia de ganhar dinheiro depois, de ser formado em uma área, de ser psicólogo(a) (no caso do nosso vídeo). Mas isto não deve obscurecer o fato de que a faculdade representa o chamado Ensino Superior, que vem expandir o que aprendemos na escola.

Segundo, embora a questão financeira, de ter uma profissão depois da graduação, seja também um motivo fundamental para se começar um curso superior, também temos que levar em conta o fato de que nunca poderemos ter total certeza de que vai dar certo.

Em outras palavras, nada garante que se você se formar em psicologia, você vai ter o emprego dos seus sonhos, seja logo depois da formatura, seja nos anos seguintes. Assim como qualquer outra graduação, a boa colocação profissional vai depender de uma série de fatores, que nem sempre dependem da capacidade intelectual.

Por exemplo, na época em que eu trabalhei com Recursos Humanos, eu entrevistei mais de 1000 candidatos a diversas vagas. Em nenhum momento vi as empresas analisando o histórico de notas do aluno durante a faculdade. Apesar de que isto tenha que ser dito, pelo bem da verdade, a ideia dos empregadores é que o profissional formado tem os conhecimentos técnicos necessários para cumprir bem a função para a qual está sendo contratado. Ou seja, o conhecimento técnico, aprendido durante os anos de faculdade, é o mínimo que se poderia esperar.

Desta forma, as empresas vão analisar uma série de outros fatores: personalidade, capacidade de se relacionar, de se comunicar, liderança, etc. Cada vaga terá o seu perfil.

Com isso, nós já podemos ver que apenas se formar em uma faculdade não é garantia de sucesso profissional. É necessário não ser ingênuo nesse sentido.

No caso específico da psicologia, é possível trabalhar como profissional liberal, o que significa uma maior liberdade, não ter chefe, não ter horário definido mas também implica em ser seu próprio chefe, seu próprio marketing, seu próprio contador, etc. Ou seja, se a pessoa não for contratada de uma outra empresa, terá que aprender mais do que apenas o que foi ensinado na faculdade.

Veja o nosso texto – Profissional Liberal: vantagens e desvantagens

Por exemplo, se eu abro um consultório, preciso aprender o que é e como ter um CNPj, preciso aprender como fazer o marketing do meu consultório, como conseguir fazer parcerias com outras clínicas ou com planos de saúde e a lista continua…

Terceiro, se estudarmos todas as estatísticas da remuneração profissional da psicologia, veremos que existem dois fatores também muito importantes para aumentar o salário: ter uma pós-graduação latu sensu ou mestrado/doutorado e, também, ter fluência em pelo menos uma língua estrangeira.

Dizer este ponto pode parecer repetir o que escutamos sempre, mas tem um sentido especial aqui no nosso tema porque ter uma pós-graduação significa ser especialista em uma área da psicologia. Sendo especialista a pessoa se torna uma pessoa de referência em uma área e assim consegue não só mais contatos como consegue mostrar ao mundo melhor o seu trabalho.

A questão da língua estrangeira tem sentido porque se conseguirmos pelo menos ler bem uma outra língua teremos acesso a muito mais informações do que se estivermos limitados ao português. Embora possamos encontrar muitos livros e artigos em nossa língua materna, teremos com certeza muito mais conteúdo de psicologia nas seguintes línguas: inglês, francês e alemão. Italiano e espanhol também são interessantes para o profissional da área psi.

Por último, apesar de que podemos falar em muitos aspectos do sucesso (como perseverança, dedicação, suor, esforço, capacidade intelectual, inteligência emocional), eu gosto muito da frase do Zig Ziglar: “Você vai realizar todos os seus sonhos se ajudar muitas pessoas a realizarem os sonhos delas”.

Dúvidas, sugestões, críticas, questões, por favor, comente abaixo!

Psicólogo Clínico e Online (CRP 04/25443), Mestre (UFSJ), Doutor (UFJF), Instrutor de Mindfulness (Unifesp), Coach e Presidente do Instituto Felipe de Souza. Como Professor no site Psicologia MSN venho ministrando dezenas de Cursos de Psicologia, através de textos e Vídeos em HD. Faça como centenas de alunos e aprenda psicologia através de Vídeos e Ebooks! Loja de Vídeos e Ebooks. Você pode também agendar uma sessão de Coaching Online via Skype, Relacionamentos ou Carreira (faculdade). E não se esqueça de se inscrever em nosso Canal no Youtube! Email - [email protected] - (12) 3042-0336 - Whatsapp (35) 99167-3191 - Snapchat: psicologiamsn