Pós Graduação em Psicologia Social

Breve história e Definição: O que é a psicologia social?

A psicologia social iniciou a partir de pesquisadores da área de ciências sociais do século XVIII: Entre eles Émile Durheim, Augusto Comte e Gabriel Tarde. Já no século XIX Le Bom apresenta o primeiro estudo sobre psicologia das multidões que após seu estudos vários estudiosos começaram a pesquisar e publicar seus trabalhos para construção das relações do indivíduos e suas relações sociais.

No Brasil somente em 1980, os psicólogos sociais com o propósito de compartilhar suas práticas institucionalizaram a Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO), e na tentativa de produzir conhecimentos definiram o objeto de estudo e as possibilidades de investigação.

Alguns autores (LANE, 1981; MYERS, 2000; RODRIGUES, 2002) destacaram que a psicologia social por meio do método científico estuda a maneira pela qual as pessoas se relacionam e produzem formas de pensamentos e comportamentos em um determinado ambiente. Desse modo, o ambiente representa uma variável significativa no comportamento dos indivíduos. Dessa forma, diversas temáticas podem ser investigadas, tais como, preconceito, violência, e as pesquisas procuram analisar as repercussões desses fenômenos na esfera social.

Lane (1984) destacou que a psicologia social tem o objetivo de identificar a dinâmica da linguagem e as percepções do indivíduo. As representações sociais acerca de uma temática são construídas a partir da interação coletiva e representam a principal fonte de investigação destes psicólogos.

Segundo o site do CRP:

“Atua fundamentada na compreensão da dimensão subjetiva dos fenômenos sociais e coletivos, sob diferentes enfoques teóricos e metodológicos, com o objetivo de problematizar e propor ações no âmbito social. O psicólogo, nesse campo, desenvolve atividades em diferentes espaços institucionais e comunitários, no âmbito da Saúde, Educação, trabalho, lazer, meio ambiente, comunicação social, justiça, segurança e assistência social. Seu trabalho envolve proposições de políticas e ações relacionadas à comunidade em geral e aos movimentos sociais de grupos e ações relacionadas à comunidade em geral e aos movimentos sociais de grupos étnico-raciais, religiosos, de gênero, geracionais, de orientação sexual, de classes sociais e de outros segmentos socioculturais, com vistas à realização de projetos da área social e/ou definição de políticas públicas. Realiza estudo, pesquisa e supervisão sobre temas pertinentes à relação do indivíduo com a sociedade, com o intuito de promover a problematização e a construção de proposições que qualifiquem o trabalho e a formação no campo da Psicologia Social.”

Quadro descritivo das ações por área de atuação do Psicólogo Social

 

ÁREA DE SAÚDE MENTAL

1) Realização de palestras, como medida de prevenção.

2) Orientação às crianças, pais ou responsáveis.

3) Atendimento e acompanhamento de problemas de aprendizagem.

4) Orientação aos portadores de determinadas doenças (AIDS, diabetes, hepatite, etc.)

ÁREA DE ASSISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL

1) Orientação às crianças moradoras de rua, que encontram-se em instituições; aos pais e/ou responsáveis.

2) Palestras em creches e escolas.

3) Atuação ligada ao Conselho Tutelar.

ÁREA DE CONSELHOS

1) Administrar consequências da miséria social.

2) Atuação ligada ao Conselho Tutelar.

3) Atendimento e encaminhamento às crianças e mulheres que sofreram maus tratos.

4) Atendimento e aconselhamento psicoterapêutico de casais.

ÁREA DAS UNIVERSIDADES

1) Formação de novos profissionais.

2) Atividades na comunidade visando à modificação em torno das questões dos direitos de cidadania.

3) Pesquisa.

4) Prestação de serviços.

ÁREA DE ONG’s

1) Pesquisa Participante.

2) Educação para adultos

3) Conscientização

4) Ressocialização

Pergunta: A psicologia social é uma boa área de atuação e se está em crescimento?

Resposta: O profissional pode participar em diversas áreas, não se limitando apenas em uma (como é o caso do psicólogo clinico) . É uma boa área, pois vem crescendo o número de Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS) em que é obrigatório na equipe multidisciplinar ter um psicólogo. Atualmente, existem 7.669 CRAS e 2.155 CREAS em todo o país e existem muito incentivo do governo para construção de novos centros de referencias.

Referência:

DOS SANTOS AZEVÊDO, Adriano Valério. A psicologia social, comunitária e social comunitária: definições dos objetos de estudo. Psicologia &m foco, Aracaju, Faculdade Pio Décimo, v. 3, n. 3, jul./dez. 2009.

LANE, S.T.M. O que é Psicologia Social? São Paulo: Brasiliense, 1981.

RODRIGUES, A.; ASSMAR, E.M.L.; JABLONSKI, B. Psicologia Social. 18a ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1999.

RODRIGUES, A. Psicologia social para principiantes. 7a ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

Psicólogo (CRP 06/119079), Especialista em Psicanálise, Pós-graduado em RH, Palestrante e Consultor de Empresas. Visite meu site - Superando Desafios