Como é a faculdade particular de Psicologia?

Muitas pessoas têm preconceito ao querer iniciar numa faculdade particular, pois acredita que é só pagar a mensalidade que irá conseguir o diploma e não aprenderá absolutamente nada. Esse texto vem como objetivo de informar minha formação e experiência pessoal em graduar no curso psicologia por uma faculdade particular localizada em Avaré no interior de São Paulo.

Grade curricular – Psicologia

Na grade curricular foi possível perceber a influencia psicanalítica, ou seja, quando você estiver na dúvida onde estudar psicologia é importante você verificar a grade, pois ela determinará qual abordagem o curso adota, no meu caso Psicanálise. Outras faculdades, por exemplo, adotam ao Behaviorismo.

A maioria das matérias será voltada para psicanálise, e os estágios básicos tais como atendimentos individuais e de grupo dependerão da formação dos supervisores, nesse caso tive a oportunidade de atender no individual psicanálise e de grupo supervisão em Psicodrama.

No primeiro ano tive matérias básicas Introdução à Psicologia, Antropologia Cultural, História e Epistemologia da Psicologia, Psicologia do Desenvolvimento – Psicologia Infantil, Evolução do Pensamento Filosófico e Científico, Teorias e Sistemas em Psicologia I – Comportamental, Sociologia Geral, Anatomia e Fisiologia Humana, Biologia, Comunicação e Expressão, Metodologia da Pesquisa Científica, Estatística Aplicada à Psicologia, Estágio Supervisionado Básico I (Nesse estágio foi aprendido como é o sistema único de saúde). Como você pode observar o primeiro ano é mais “tenso” em termos de ter matérias básicas o que acaba te deixando com “sede” de conhecimento de psicologia.

Mas aí vem o segundo ano em que tive aulas de Neuroanatomia, Neurofisiologia, Teorias e Sistemas em Psicologia II – Fenomenológica – Humanista, Teorias e Sistemas em Psicologia III – Psicanalítica, Análise Experimental do Comportamento, Psicologia do Desenvolvimento – Psicologia da Adolescência, Psicologia do Desenvolvimento – Psicologia do Adulto e do Idoso, Psicologia da Personalidade, Psicologia Social, Processos Psicológicos Básicos I – Processos Cognitivos, Métodos de Investigação Científica em Psicologia, Técnicas de Observação, Psicologia Cognitiva, Estágio Supervisionado Básico II e Estágio Supervisionado Básico III. Esse ano é o que começa a ter conhecimento sobre diversas áreas da psicologia e suas atuações, é importante dar ênfase que foi o ano que você começa a tentar escolher qual abordagem você gostaria de utilizar, como a grade mostra estudei Rogers, Skinner, Jung, Freud, e etc… Foi aí que me identifiquei com a abordagem junguiana e me apaixonei por ela. Infelizmente nem todas as faculdades dão aulas sobre Jung, muitas apenas dão uma pincelada fala que Jung foi um discípulo de Freud, mas nada além disso.

Terceiro ano: Psicodiagnóstico, Intervenções Terapêuticas Grupais, Psicologia Social das Organizações, Testes Psicológicos II, Psicopatologia I, Psicologia Comunitária, Processos Psicológicos Básicos II – Motivação e Emoção, Psicologia Escolar, Testes Psicológicos I, Teorias de Aprendizagem e Processos Educativos, Psicologia dos Portadores de Necessidades Especiais, Psicopatologia II, Estágio Supervisionado Básico IV.

Nessas matérias pude começar a entender o funcionamento de algumas técnicas (testes psicológicos), a identificar doenças psicológicas e como dar um prognostico. E começa o “friozinho na barriga” de ano que vem você começar a atender.

Quarto ano: Saúde Mental e Saúde Pública, Psicoterapias Infantis, Psicoterapia Familiar, Epidemiologia, Psicossomática, Teorias e Técnicas Psicoterápicas II – Humanista – Existencial, Psicologia e Saúde, Psicologia e Responsabilidade Social, Teorias e Técnicas Psicoterápicas I – Base Analítica, Ética Profissional, Optativa I, Optativa II, Estágio Supervisionado de Formação do Psicólogo I, Estágio Supervisionado de Formação do Psicólogo II.

Esse ano foi o que tive mais experiências: o primeiro atendimento em psicodiagnóstico infantil, depois atendimento em psicoterapia breve com base analítica. Aqui que pude ver o quanto maravilhoso é se tornar psicólogo.

Quinto e último ano: Psicologia e Instituição de Saúde Mental, Psicologia em Hospital Geral, Psicoterapia Breve, Tópicos Especiais em Psicologia, Teorias e Técnicas Psicoterápicas III – Cognitivo-Comportamental, Trabalho de Curso II, Optativa III, Estágio Supervisionado de Formação do Psicólogo IV. Trabalho de Curso I, Estágio Supervisionado de Formação do Psicólogo III

No último ano além dos estágios de atendimento individual e de grupo, existe a entrega do trabalho de conclusão de curso (TCC). E o tão esperado certificado!

Em relação às optativas tive as opções de: Pensamento e Linguagem, Gerontologia, Psicofarmacologia, Psicologia do Esporte, Psicologia Jurídica, Psicologia e Sexualidade, Literatura e Psicanálise.

Mensalidade: Custos da faculdade de psicologia

As mensalidades de cursos de graduação particular normalmente elas sobem ao ano, como no meu caso pagava em torno de 500 a 600 reais no primeiro ano, e no último estou pagando em torno de 900 reais por mês. No caso da faculdade que estudo dá desconto de até 10% por ter boas notas e frequências nas aulas. Também existe desconto caso você indique algum amigo e ele faça faculdade você terá 10% para cada pessoa que indicar de desconto no semestre.

Existem também programas do ProUni, FiES e Programa Escolas da família. Veja Como fazer uma faculdade sem pagar nada

Estrutura do Curso de Psicologia

Número de alunos:

No inicio da faculdade começamos com turma entre 60 alunos, hoje no último ano com 30 alunos, sendo apenas quatro homens e as restantes mulheres.

Professores e Coordenador:

Em questão de professores é interessante ver o quão dispostos são os professores de psicologia comparado aos demais professores de outros cursos, acredito que seja o curso em que mais há acessibilidade da relação aluno-professor ou professor-aluno.

Sobre o coordenador, tive três desde o inicio do curso, todos sempre acessíveis e dispostos a lutar pelo curso, o que é maravilhoso você estar num lugar em que todos lutam pela mesma causa.

Outra sacada interessante é que todo semestre vem um professor aplicar uma avaliação para os alunos avaliarem os professores, isso é interessante, pois caso haja algum professor que não tenha um domínio teórico é levado a diretoria acadêmica.

Notas e Faltas:

As notas devem ser acima da média 7,0. Caso você não atinja a média, poderá fazer prova substutiva que custa em média 50 reais, tanto do primeiro bimestre como do segundo para cada semestre. E também existe o exame aplicado no final do semestre que não tem taxa de cobrança.

Sobre as faltas você precisa ter 80% de presença para ser aprovado. Caso o contrário será reprovado da disciplina.

E para finalizar:

Muita gente tem o costume de dizer que tal faculdade é melhor, ou as federais são melhores do que a particular, mas a minha dica é que não é a faculdade que faz o aluno (claro ela dará muita orientação para formação) mas é o aluno que faz a faculdade.

Quaisquer dúvidas deixem nos comentários.

Psicólogo Clínico e Online, Colunista, Palestrante e Consultor. Visite meu site - Psicólogo Bruno