Podemos entender os relacionamentos como sendo não mais do que uma promessa. Há a promessa de voltar, de rever, de se ter saudade e acabar com a saudade, a promessa de ser fiel, de ser verdadeiro, de amar…

A beleza da promessa é que ela cria uma realidade futura, que ainda não existe. Como se dissesse: “Veja bem, te prometo continuar sentindo o que sinto agora”.

Como nos votos de casamento: “Promete ser fiel na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, amando-lhe e respeitando-lhe até os fins dos seus dias?”

É uma promessa, uma palavra (que pode ser vazia) que aponta para um futuro desejado, esperado; enfim, promessa é futuro.

O problema é que o futuro não existe. Ele é uma criação, ele é uma projeção, uma expectativa no presente. Pode não se realizar e a possibilidade de não realização causa sofrimento.

Como se sabe, o sofrimento tem uma origem, tem uma causa que pode se definida como a presença de algo desagradável (seja uma sensação, um sentimento, um pensamento) ou a ausência de algo agradável (seja uma sensação, um sentimento, um pensamento).

De forma que o que é sofrimento para uma pessoa pode não ser para outra. Certa vez estava explicando isto para uma paciente e o exemplo que encontrei foi o seguinte. Algo desagradável para mim seria ser reprovado em meus exames para o Doutorado. Felizmente não fui reprovado, mas se fosse, haveria sofrimento.

Para uma outra pessoa parar de estudar é que seria agradável. Continuar estudando é que causaria sofrimento…

Mas voltando aos relacionamentos e às promessas.

Parece ser mais saudável viver o dia de hoje e menos o dia de amanhã. Viver os relacionamentos com o lema dos Alcoolicos Anonimos: “só por hoje”.

Pois é comum encontrarmos no consultório pessoas que estão a sofrer pelo fim de seus relacionamentos, mas na verdade, não sofrem pelo fim dos seus relacionamentos – que já não eram bons há muito tempo.

Estas pessoas sofrem pelo fim da promessa, pelo fim da expectativa, pelo futuro que não aconteceu. Afinal, há muita verdade naquele ditado que diz: “a esperança é a última que morre”.

Psicólogo Clínico e Online (CRP 06/145929), formado há 14 anos, Mestre (UFSJ) e Doutor (UFJF), Instrutor de Mindfulness, Coach e Presidente do Instituto Felipe de Souza. Como Professor no site Psicologia MSN venho ministrando dezenas de Cursos de Psicologia, através de textos e Vídeos em HD. Faça como centenas de alunos e aprenda psicologia através de Cursos em Vídeo e Ebooks! Loja de Vídeos e Ebooks. Você pode também agendar uma Sessão Online via Skype, Terapia Cognitivo Comportamental, Problemas de Relacionamentos, Orientação Profissional e Coaching de Carreira , fazer o Programa de 8 Semanas de Mindfulness Online. E não se esqueça de se inscrever em nosso Canal no Youtube! e Instagram! Email - [email protected] - Agendar - Whatsapp (11) 9 8415-6913