Existem áreas da psicologia que pagam mais de 10.000 reais por mês. Sabia? Conheça as áreas com as melhores remunerações.

Olá amigos!

Lembro que quando estava no terceiro ano do Ensino Médio, fiquei em dúvida entre cerca de 10 faculdades. Por isso, fui fazer Orientação Profissional com uma psicóloga em minha cidade. Fomos avaliando juntos as opções e, porque na época não pensava em dar aulas, fiquei entre psicologia e jornalismo.

E, depois de fazer uma técnica específica de imaginação do futuro, digamos assim, a psicóloga me perguntou sobre se eu achava que ganharia bem sendo psicólogo. Talvez por um excesso de confiança pessoal e otimismo, eu respondi imediatamente que sim. Mas percebi que no fundo da pergunta havia um julgamento de valor: é possível ganhar um bom salário depois de fazer a faculdade de psicologia?

Com meu excesso de confiança e com a resposta afirmativa, nós rimos. Ela era e é uma profissional bem sucedida e eu tinha certeza que seria.

Porém, aquele julgamento de valor escondido, elíptico, subentendido durante muito tempo voltava à minha mente. Já dentro da faculdade, eu pensava se conseguiria ganhar bem. Com os anos passando, vamos vendo colegas se formando que entraram antes e vamos vendo a sua angústia de formar. Não por terminar a faculdade (que acaba sendo um alívio e uma vitória) mas por não se saber ao certo como será o futuro profissional. Afinal, não existem garantias de que dará certo.

Por email, recebi esta pergunta: Qual ramo da psicologia garante maior salário?

Qual ramo da psicologia garante maior salário?

Não existem garantias. Pode não dar certo. Não só com a psicologia, mas com todo e qualquer curso técnico, tecnológico, superior. E pode não dar certo por muitos fatores: se a pessoa não escolheu bem e não gostou da faculdade, se não tem afinidade com as áreas de atuação, se mora em uma cidade pequena com pouca demanda ou se mora em uma cidade grande com muita concorrência, por variações econômicas e de mercado, por acomodação, por falta de foco, por falta de confiança… e a lista continua.

Quando vamos comprar um produto em uma loja, recebemos com a nota fiscal a garantia. Um papel que garante que o produto vai durar 1 ano. Existe a possibilidade de comprar até uma garantia estendida.

Contudo, quando terminamos e ganhamos um diploma, não recebemos uma garantia que exija do mundo o sucesso profissional. Temos que saber separar. O diploma representa a conclusão do curso. Significa que o aluno passou nas disciplinas, fez estágios, provas, apresentações orais – ou o que for – e cumpriu o que tinha que cumprir para concluir. E só.

Das carteiras da faculdade para o mercado de trabalho há um salto. Não podemos pegar o diploma e gritar para o mercado que ele tem que nos dar uma vaga, um lugar ao sol, um salário alto porque, justamente, o diploma não significa a garantia.

Dizendo deste modo parece óbvio. Porém, não é. Muitos tem este sentimento de que o mundo lhes deve esse sucesso porque se dedicaram durante 4, 5, 6 anos em um curso superior.

A questão portanto é bem simples: você terá um diploma. Mas centenas de milhares de pessoas também terão um diploma igual. E todas estas centenas de milhares de pessoas serão as suas concorrentes.

Segundo o Conselho Federal de Psicologia, o número de psicólogos no Brasil passa de 250.000 (duzentos e cinquenta mil). A maioria está concentrada em São Paulo, Minas Gerais e Rio – e nos estados do sul. Nos estados do centro-oeste, nordeste e norte a concorrência é menor.

Bem, não existem garantias. Existe concorrência (maior ou menor dependendo do estado). Digo da concorrência porque ela estará diretamente ligada à remuneração.

Se pensarmos de um ponto de vista de uma empresa, se formos os donos, veremos que os funcionários estão contabilizados como custos. Toda empresa visa aumentar os seus lucros, diminuindo seus custos e aumentando suas receitas, fazendo portanto com que a diferença entre receita e custo seja cada vez maior.

Por isso, vemos faculdades particulares demitindo professores doutores e mestres (custo mais alto) para contratar mais professores especialistas. Este é apenas um exemplo.

Sabendo da existência de diversas áreas de atuação na psicologia, veja o nosso texto 7 melhores áreas de atuação na psicologia, e que temos as seguintes especializações de títulos pelo CRP – clínica, do trânsito, hospitalar, neuropsicologia, jurídica, escolar/educacional, organizacional e do trabalho, do esporte, social, psicomotricidade e neuropsicologia – a dúvida do leitor do site é: qual delas paga melhor?

Áreas da psicologia com os maiores salários

Até onde eu sei, não foram feitas pesquisas que nos dessem números exatos sobre os valores máximos de cada área de atuação. Darei a minha resposta com base em minha experiência e de acordo com a experiência de meus colegas.

1) Psicologia Clínica

O valor de um mês de trabalho de um profissional da psicologia em seu consultório vai variar de acordo com três fatores: valor da consulta, número de clientes e horas trabalhadas.

Se o profissional trabalha para um plano de saúde e ganha 15 reais por uma consulta de 1 hora, trabalha 8 horas por dia e tem 40 clientes por semana, ganhará 2.400. Se tiver 20 clientes, ganhará 1.200. Se tiver 60 clientes (e trabalhar aos sábados) ganhará 3600.

Os dados são hipotéticos, mas nos mostram claramente a relação entre número de clientes, tempo de trabalho e valor da consulta.

Só para mostrar o extremo oposto: se o profissional é reconhecido e cobra 300 reais por uma sessão e tem 10 clientes em um dia, vai ganhar 3.000 reais em um único dia.

Por isso digo que a psicologia clínica é a área que mais poderá propiciar um salário alto. Pois ainda que este último profissional atenda 2 dias na semana, ganhará 24.000 reais por mês. Se trabalhar todos os dias e atender cada dia 10 clientes, poderá chegar a ganhar 72.000 reais.

Já fiz esta conta em outros textos e os meus colegas dizem que isto é quase impossível. Que seria necessário ser extremamente famoso, trabalhar para a elite (afinal quem pode pagar 300 reais por sessão?), ter muitos contatos, etc. De certa forma esta crítica está correta. Porém, apesar de não representar o que é mais comum, ela mostra que é possível sim ganhar mais de 10.000 reais por mês com clínica. E ganhar mais de 10.000 é estar entre o 1% da população no Brasil que tem os maiores salários.

2) Psicologia Organizacional – Recursos Humanos

Em 2003, quando ainda estava no começo da faculdade, e quando o salário mínimo era de 280 reais, conheci um profissional da psicologia que era Diretor de Recursos Humanos em uma multinacional. O seu salário na época era de 15.000 reais por mês. O equivalente a 53 salários mínimos!

Hoje, se o seu salário tiver subindo seguindo o salário mínimo, ele estaria ganhando mais de 41.000 reais.

Na verdade, é difícil saber se a psicologia clínica ou a psicologia organizacional oferecem o melhor salário. Coloco a psicologia clínica na frente por ser uma profissão liberal, que oferece certas vantagens. O profissional no RH depende de uma empresa, a empresa para a qual trabalha. Se esta empresa tem problemas, ele pode perder a sua alta remuneração.

Se um cliente deixa de fazer as consultas, o psicólogo clínico ainda terá muitos outros clientes. Mas esta é uma visão pessoal.

Voltando à questão dos salários, certamente também ouvirei críticas de que o RH não paga tão bem. Claro. Não paga bem para os cargos iniciais, para estagiários e analistas. Mas para quem já tem uma larga experiência e um currículo excepcional sempre terá headhunters na sua cola, a lhe oferecer oportunidades e salários de 10.000 para cima.

Para quem gosta de RH e fez ou faz psicologia, sugiro fazer um MBA em Administração e ter inglês fluente.

3) Psicologia do Trânsito

Também é possível ganhar muito dinheiro como psicólogo do trânsito. Porém, será preciso ser dono ou dona de uma clínica que seja regularizada junto aos Órgãos de Transito para oferecer o teste psicológico para candidatos que querem tirar sua carteira de motorista ou renová-la.

Como cada teste está por volta de 60, 70 reais e como é possível aplicar os testes em grupo, não é difícil imaginar que o lucro da empresa certamente ultrapasse os 10.000 reais. (Utilizo o valor de 10 mil pelo que falei anteriormente, por representar o 1% dos que ganham mais em nosso país).

4) Psicologia Acadêmica

Criar uma carreira de pesquisador, com mestrado, doutorado e pós-doutorado é igualmente um opção rentável. Um professor doutor que passar em um concurso público para dar aulas em uma universidade pública ganha de início mais de 7.000 reais por mês.

Com benefícios e acumulação de anos de casa ou outros cargos administrativos, o salário talvez chegue em 12.000 ou, em casos especiais, de professores catedráticos, o valor sobe muito mais. Recentemente foi divulgado que um catedrático do Instituto de Psicologia da USP ganha R$ 60.248,38.

Mas, novamente, este último valor é raro. O mais comum é que gire entre 7 a 12 mil por mês. Professores em universidades particulares também podem ganhar bem, desde que tenham uma excelente formação.

Conclusão

Em toda e qualquer profissão encontramos profissionais que ganham o mínimo e aqueles que ganham valores que seriam considerados astronômicos entre os seus pares.

Lembrando as médias salariais:

Salário inicial – R$ 1,2 mil a R$ 1,7 mil.

Salário intermediário –  R$ 2 mil a R$ 5 mil.

Salário sênior – R$ 5 mil a R$ 20 mil.

Por fim, gostaria de lembrar que de tempos em tempos aparecem concursos com salários muito bons. Veja aqui – Quanto é o salário da psicologia em concursos públicos?

Psicólogo Clínico e Online (CRP 04/25443), Mestre (UFSJ), Doutor (UFJF), Instrutor de Mindfulness (Unifesp), Coach e Presidente do Instituto Felipe de Souza. Como Professor no site Psicologia MSN venho ministrando dezenas de Cursos de Psicologia, através de textos e Vídeos em HD. Faça como centenas de alunos e aprenda psicologia através de Cursos em Vídeo e Ebooks! Loja de Vídeos e Ebooks. Você pode também agendar uma sessão de Coaching Online via Skype, Relacionamentos ou Carreira (faculdade), fazer o Programa de 8 Semanas de Mindfulness Online e Orientação Profissional Online. E não se esqueça de se inscrever em nosso Canal no Youtube! Email - [email protected] - Atendimento presencial na Av. Paulista: Agendar - Whatsapp (11) 9 8415-6913