Mudar não precisa ser difícil nem demorado…

Olá amigos!

Normalmente, quando vamos pensar em mudar alguma coisa em nossas vidas, tendemos a achar que as mudanças não são fáceis ou que vai demorar muito tempo para alguma coisa mudar de verdade. Na PNL, entretanto, existe um conceito que nos faz repensar estes pensamentos sobre mudanças, que é descobrir a diferença que faz a diferença.

Ou seja, mudar não é difícil, complicado ou arrastado. Não tem que levar 10 anos, necessariamente. Neste texto, vou mostrar como fazer para mudar com mais rapidez.

Mudança: descubra a diferença que faz a diferença

Quase todo mundo reclama que não tem tempo. A verdade é que todos nós temos uma quantidade de tempo idêntica a todas as outras pessoas do mundo. Cada um de nós tem 24 horas em um dia, 7 dias em uma semana e 365 dias em um ano.

Mas por que algumas pessoas conseguem ser tão produtivas e outras tão pouco? É claro que não é pelo fato de uma pessoa ter mais tempo que a outra – isso não tem lógica – e sim pelo modo como o tempo é gasto.

Agora tem surgido estas tecnologias vestíveis (wearables) e tenho acompanhado este surgimento como os relógios espertos (smart wash). Eu ainda não comprei, mas há uma ideia presente em quase todos eles que é muito interessante: o relógio marca quanto tempo você passa sentado, em pé, deitado, dormindo.

Você não precisa ter um relógio como esses para fazer este levantamento. Você pode anotar quanto tempo faz cada atividade e não precisa ser com exatidão suíça. Se você anotar mais ou menos quanto tempo gasta em uma rede social ou quanto tempo gasta indo para o trabalho ou efetivamente trabalhando, terá algumas surpresas.

A verdade é que perdemos muito tempo com inutilidades e apenas o fato de tomarmos consciência do tempo gasto em cada atividade podemos começar a mudar.

A partir disso, temos uma base para começar. Uma ideia útil é fazer pequenos testes para saber o que funciona melhor. Por exemplo, você pode desligar todos os dispositivos (smartphone, tv, tablet, computador), meia-hora antes de dormir e ver se isto influencia no sono ou colocar o despertador meia-hora antes da hora em que você acorda para adiantar um trabalho ou ler um livro ou ver algo que seja relevante na internet.

A ideia aqui, neste texto, é descobrir uma pequena diferença que vai fazer uma grande diferença em sua vida.

Por exemplo, o executivo de uma empresa de consultoria descobriu que o que faria uma grande diferença em sua carreira seria fazer mais contatos. Pequena diferença = ligar para uma pessoa por dia. Grande diferença = aumentar o faturamento da empresa. Portanto, com uma ligação a mais por dia, ele teria centenas de contatos a mais em um ano, o que certamente impactou na quantidade de dinheiro que ele recebeu no ano.

Outro exemplo da área financeira. Eu recentemente alterei o plano da minha internet. Diminuí a velocidade (a diferença é praticamente irrelevante, afinal, que diferença faz um segundo a mais ou a menos?). Esta diferença fez com que a conta diminuísse e, portanto, só com esta diminuição passei a ganhar mais 1 salário por ano. Pequenos descontos mensais dão uma grande diferença em 12 meses.

Pensando em outra área. Qual é a diferença entre o começo de um relacionamento amoroso e o meio (ou final)? Não é difícil de descobrir, é só investigar como você se comportava no começo e como se comporta depois. O que você faz diferente? (Como vocês se conheceram? Como foi o começo?)

Não raro, as pessoas acabam descobrindo que faziam algumas coisas diferentes. Não era nada muito grandioso mas a sensação sim. Por exemplo, enviavam um SMS para desejar bom dia ou traziam o café na cama ou saíam mais para jantar. Enfim, pequenos comportamentos como esses resultavam na sensação de amarem mais e se sentirem mais amados.

Na área da saúde, também podemos pensar em diferenças que podem fazer toda a diferença na nossa sensação de bem estar. É uma questão de observação e autoconhecimento. Alguém pode adorar comer brigadeiro mas toda vez que come passa mal. Só o fato de tirar o brigadeiro será um bem-estar ou, quem sabe, é possível descobrir o que faz passar mal no brigadeiro, pode ser o leite condensado ou a quantidade de açúcar.

Uma outra pessoa pode se sentir muito bem caminhando. Aumentar a frequência de caminhadas ou trocar de lugar (de uma esteira para uma região bonita) também pode trazer mudanças positivas.

Assim, avaliar a alimentação, o sono, os exercícios físicos e fazer pequenas alterações poderá ser a diferença que fará toda a diferença em uma vida mais saudável e longa.

Como descobrir a diferença que fará a diferença?

Eu, particularmente, sou uma pessoa que adora o conceito de possibilidades: eu gosto de alterar toda hora minha rotina para ver o que dá certo e o que não dá certo, o que é benéfico para mim (e para os outros) e o que é maléfico.

Mas, se você é uma pessoa mais acostumada com uma rotina fixa, não tem problema. A ideia é justamente não fazer grandes mudanças de uma vez. Como dizemos na ciência, tudo o que pode ser medido pode ser conhecido, ou seja, devemos fazer uma pequena alteração por vez e medir de alguma forma os resultados.

Por exemplo, você pode mudar um alimento por vez. Eu parei de tomar leite porque estava notando que toda vez que tomava, não me sentia bem. Ao mudar apenas este elemento, consegui perceber o benefício. Se tivesse tirado o leite, o café, o refrigerante e o chá não saberia exatamente qual alteração me fez sentir melhor.

O que está por trás desta ideia da PNL não é algo sério e difícil. Você pode fazer como uma brincadeira, como um teste, como um jogo. Como este pensamento:

Esta semana vou mudar X para ver como me sinto.

Esta semana vou meditar 1 hora por dia todos os dias. Resultado: me sinto mais calmo e feliz com as pequenas coisas.

Esta semana vou…

“Esta semana vou começar meu dia com uma música mais animada”…

“Esta semana vou reencontrar um amigo”…

Esta semana vou…

Portanto, altere uma única coisa. E avalie os resultados no seu bem-estar ou na sua produtividade ou finanças ou relacionamentos…

Dúvidas, sugestões, comentários, por favor, escreva abaixo!

Psicólogo Clínico e Online (CRP 06/145929), formado há 14 anos, Mestre (UFSJ) e Doutor (UFJF), Instrutor de Mindfulness, Coach e Presidente do Instituto Felipe de Souza. Como Professor no site Psicologia MSN venho ministrando dezenas de Cursos de Psicologia, através de textos e Vídeos em HD. Faça como centenas de alunos e aprenda psicologia através de Cursos em Vídeo e Ebooks! Loja de Vídeos e Ebooks. Você pode também agendar uma Sessão Online via Skype, Problemas de Relacionamentos ou Orientação Profissional e Coaching de Carreira , fazer o Programa de 8 Semanas de Mindfulness Online. E não se esqueça de se inscrever em nosso Canal no Youtube! e Instagram! Email - [email protected] - Agendar - Whatsapp (11) 9 8415-6913