Olá amigos!

Uma dúvida comum de quem está em busca do Ensino Superior é a respeito das diferenças entre as faculdades particulares e as faculdades públicas (estaduais ou federais). Neste texto, falarei sobre as principais diferenças para que você possa escolher a melhor opção para você.  Como estou desde 2002 dentro das universidades, penso que posso te ajudar na escolha.

Vantagens da Faculdade Pública

No Brasil, temos um fato curioso: as pessoas que tem condições financeiras melhores, mandam seus filhos para a escola particular desde o jardim de infância até o segundo grau e, depois, no terceiro grau ou Ensino Superior (faculdade), desejam que os mesmos entrem em uma Universidade Pública. A Universidade Pública – para quem não sabe – é um tipo de Universidade, com várias faculdades, que é mantida pelo Governo, estadual ou federal.

A principal vantagem é que não é necessário gastar com matrículas ou mensalidades. Todos os custos para a manutenção dos cursos são pagos pelo Governo, que, claro, por sua vez, recebe o dinheiro dos nossos impostos.

Mas, além desta vantagem de ser gratuito, o Ensino Superior em Faculdades Públicas se deve por um fator especial: todos os professores são concursados e tem estabilidade na carreira. O que significa, em termos práticos, que cada professor (após passar pelo estágio probatório de 2 anos) continuará ali na Universidade até se aposentar por tempo de serviço ou por ter atingido os 70 anos, quando a aposentadoria é compulsória.

Se imaginarmos que estamos na posição do professor, veremos que é uma situação de trabalho muito interessante. Por exemplo, um professor – sabendo que vai continuar com a turma que acabou de entrar até o final, dando algumas disciplinas e estágios – poderá programar o seu trabalho no longo prazo e, com isso, poderá criar projetos, matérias eletivas, orientar alunos em iniciações científicas (com e sem bolsa). Enfim, terá não só autonomia para criar o seu próprio projeto de trabalho como também terá a certeza de que continuará exercendo a função por um longo período.

Este fator faz com que o ensino e a aprendizagem fiquem de qualidade.

Vantagens da Faculdade Particular

Se a principal vantagem das faculdades públicas consiste na estabilidade do professor, em alguns casos, isto pode ser uma desvantagem. Infelizmente, existem professores que não estão interessados em ensinar ou em pesquisar. O único interesse é receber o salário e ir para casa. Mas, como tem a estabilidade pelo concurso, fica difícil para os alunos reclamarem de professores relapsos, incompetentes ou injustos nas avaliações.

Vendo por este ângulo, a não estabilidade dos professores nas faculdades particulares é uma vantagem, já que se o professor não consegue ou quer ensinar, se não tem talento para didática ou se é arbitrário nas notas, o aluno tem a quem recorrer e, frequentemente, a faculdade particular demite o professor pelo julgamento negativo de uma turma.

Porém, é importante salientar que as melhores faculdades particulares possuem um plano de carreira relativamente estável para que, assim como nas faculdades públicas, os professores possam desenvolver seu trabalho no longo prazo.

Se há um tempo atrás as faculdades públicas também se destacavam por terem quadros docentes com maior número de doutores do que as particulares, estamos vendo na atualidade que boas universidades possuem também professores especialistas, mestres e doutores. Neste quesito, as faculdades públicas ainda são, em geral, melhores, ou seja, os professores das federais na grande maior parte das vezes já são doutores.

Diferenças no Mercado de Trabalho

É comum ainda pensar que alunos formados em universidades públicas tem vantagem no mercado de trabalho, se os compararmos com as universidades particulares. Quando trabalhei com Recursos Humanos, fazendo centenas de processos seletivos, vi uma única vez a exigência de um indústria de que os candidatos a trainee fossem graduandos de faculdades estaduais. Em todos os outros processos seletivos nos quais participei, não havia diferença.

Penso que esta avaliação do mercado se dá pelo crescimento das universidades particulares, que nas últimas décadas conseguiram melhorar o seu quadro de professores e o ensino, em geral.

No que pude perceber – pessoalmente – as pessoas que se formam em faculdades particulares de psicologia tem um ensino mais voltado para o mercado de trabalho e as pessoas que se formam em universidades públicas tem mais oportunidades de pesquisas acadêmicas. Por isso, a grosso modo, poderia dizer que nas universidades públicas (ao menos na psicologia), o ensino tende mais para as teorias, enquanto que nas universidades particulares, o ensino é mais prático, como se todo o objetivo de um curso superior fosse conseguir uma vaga de emprego. Como a teoria é necessária para uma boa prática, pode ocorrer de alguém saber aplicar um teste psicológico, mas não saber interpretá-lo, por não saber a teoria implícita.

Com isso, infelizmente, vi alunos muito mal formados, quer dizer, alunos oriundos da rede particular, que não tiveram uma formação adequada. A questão que surge é se a aprendizagem depende do aluno ou dos professores ou do local de formação.

Bem, em geral, ao menos na minha área de atuação, posso dizer que os alunos de universidades públicas tem uma formação melhor, mais completa, tanto na teoria quanto na prática. Foi com muito pesar que vi graduados de particulares sem saber quase nada de psicologia…

Ou seja, o ambiente acadêmico vai influenciar na formação, claro. Na faculdade, entramos sem saber muito do que vai ser estudado ou como estudar ou o quê estudar. Por isso, somos orientados pelos professores. Acontece que algumas faculdades particulares são muito ruins (basta observarmos as avaliações do MEC no Enade), o que faz com que o melhor aluno de uma particular seja um aluno mediano de uma escola pública. Isto dizendo na média. Casos extremos e exceções à regra sempre vão existir.

Uma ressalva importante é que temos universidades particulares que são excelentes. Por exemplo, em São Paulo as faculdades PUC e Mackenzie são faculdades de alto nível. Tive a oportunidade de conhecer professores de lá e recomendo. Aliás, ambas são faculdades conhecidas e de renome.

Escolher a faculdade pública ou privada?

Bem, esta é uma questão que deve ser analisada em conjunto com as condições de cada um e com as circunstâncias.

Se você pode estudar para o vestibular ou Enem e tem grandes chances de passar em uma federal e se, além disso, você pode ou morar na cidade que ofertará o curso ou se deslocar todos os dias, eu sugiro que você escolha uma faculdade federal ou estadual.

Se você provavelmente não vai atingir a nota de corte para entrar no curso almejado, ou se você não tem condições de se mudar para outra cidade (ou estado) para cursar uma federal, sugiro que você faça uma faculdade particular.

Acima eu citei os nomes da PUC e do Mackenzie, mas existem outras faculdades de qualidade que são nacionalmente conhecidas. Também é importante observar que algumas faculdades são conhecidas pela excelência em uma graduação específica. Ou seja, são excelentes no curso de direito, por exemplo. Portanto, se você quer estudar direito, você deve se informar sobre os melhores cursos de graduação disponíveis próximos a ti.

Se você não tem dinheiro para pagar a faculdade referência no curso desejado, você tem opções: conseguir um financiamento com bolsas de estudo e aí pagar menos ou ser isento, ou, ainda, financiar a faculdade para pagar depois de formado (no Fies). Caso não consiga as bolsas ou o financiamento, a saída é encontrar uma faculdade que tenha o valor acessível e caiba no seu orçamento.

Também é importante salientar que, para quem mora no interior, às vezes a única opção disponível é uma faculdade menor e da região. Estudar em faculdades deste porte pode ser interessante sim, mas é preciso analisar com calma se a faculdade tem autorização do MEC, se os alunos estão satisfeitos com o curso, se já existem turmas formadas, entre outros fatores.

Conclusão

Falei acima de uma hierarquia para a escolha, caso as condições estejam disponíveis, o ideal seria escolher nesta ordem:

1) Faculdade pública (estadual ou federal), pelos seguintes motivos: não precisamos gastar com mensalidades ou matrículas e na grande maior parte das vezes, o ensino é de qualidade e superior às outras faculdades, permitindo bolsas de iniciação cientifica, continuidade de estudo no mestrado e doutorado, bolsas fora do Brasil.

2) Faculdades particulares conhecidas: pois faculdades como a PUC e o Mackenzie estão há décadas no mercado, tem professores excelentes, dedicados e com estabilidade, tem instalações confortáveis e alunos de alto nível (já que o vestibular também é exigente).

3) Faculdades particulares referência em um curso: em muitos casos, acontece de a universidade em si não ser tão conhecida, mas ser uma referência em uma ou duas áreas de ensino. Com isto, embora a universidade não seja uma referência nela mesma, torna-se uma marca de qualidade para certos cursos de graduação.

4) Faculdades de cidades pequenas: geralmente tem custo reduzido e para muitos pode ser a única opção de estudo. Isto não significa que sejam de baixa qualidade, mas, ainda assim, ficariam em um nível inferior, se comparadas com as demais.

Além destas opções, uma alternativa que vem ganhando força é a graduação a distância. Você pode ver as faculdades gratuitas e online, neste texto:

Online e gratuito: cursos e faculdades de graça pela internet

Dúvidas, por favor, deixe seu comentário abaixo que responderei o mais breve possível!

Psicólogo Clínico e Online (CRP 06/145929), Mestre (UFSJ), Doutor (UFJF), Instrutor de Mindfulness e Pós-Doutorando (Unifesp), Coach e Presidente do Instituto Felipe de Souza. Como Professor no site Psicologia MSN venho ministrando dezenas de Cursos de Psicologia, através de textos e Vídeos em HD. Faça como centenas de alunos e aprenda psicologia através de Cursos em Vídeo e Ebooks! Loja de Vídeos e Ebooks. Você pode também agendar uma sessão de Coaching Online via Skype, Relacionamentos ou Carreira (faculdade), fazer o Programa de 8 Semanas de Mindfulness Online e Orientação Profissional Online. E não se esqueça de se inscrever em nosso Canal no Youtube! Email - [email protected] - Agendar - Whatsapp (11) 9 8415-6913