Orientação Profissional e Coaching de Carreira.

Olá amigos!

Uma dúvida comum que recebo aqui no site e que envolve a Orientação Profissional e o Coaching de Carreira é: “conseguirei trabalhar de dia e fazer faculdade de noite?” Afinal, em muitas circunstâncias, é preciso trabalhar desde antes de ter concluído uma formação. Portanto, neste texto, falarei sobre este aspecto da vida acadêmica e do estabelecimento de uma carreira.

A importância do estudo

Não é preciso dizer muito sobre a importância de ter uma determinada formação. Se concluirmos o Ensino Médio e não estudarmos mais, teremos uma formação média, ou seja, teremos aprendido uma série de informações (algumas inclusive complexas) mas que não serão muito úteis no mercado de trabalho.

A fim de nivelar a entrada de trabalhadores e subir o nível anterior, nas últimas décadas ter o Ensino Médio acabou se tornando um pré-requisito para entrar no mercado. Claro que ainda existem vagas que exigem apenas o Ensino Fundamental ou nem isso. Mas a grande maioria das vagas pede no mínimo o Ensino Médio.

Depois do Ensino Médio ou concomitantemente, é possível fazer um curso técnico para ter mais conhecimentos e atuar em uma área específica. Infelizmente, ao contrário de muitos países, por aqui a oportunidade de estudar já a partir dos 15 anos em uma escola técnica ainda é uma oportunidade rara e muitas vezes regional.

Bem, em resumo então, podemos dizer que mais anos de estudo – em um curso técnico – ou em uma graduação trará mais oportunidades de conseguir um emprego no futuro. Não existe uma garantia total (como não existe em nada na vida), porém, as chances, as probabilidades serão maiores.

Contudo, como disse no começo, para muitas e muitas pessoas será necessário trabalhar depois do Ensino Médio ou às vezes até antes. Então surge a questão de ser ou não possível trabalhar e estudar ao mesmo tempo.

É possível trabalhar de dia e estudar de noite?

Se o horário de saída do trabalho permitir com que se chegue no local de estudo (faculdade ou um outro curso técnico), eu diria que sim, é claro que é possível!

Milhões e milhões de pessoas, no mundo todo, já fizeram este percurso de estudar e trabalhar ao mesmo tempo. Não será fácil, ou melhor, não será tranquilo como só estudar (e só estudar às vezes também não é tranquilo). Contudo, como mencionei acima, as probabilidades de conseguir trabalho e uma remuneração melhores aumenta muito.

Na verdade, penso que manter a esperança de que o futuro será melhor é fundamental para manter a motivação durante o período de tempo até a conclusão do curso. Pois o tempo livre vai cair vertiginosamente. Se somarmos 8 horas de trabalho mais 4 horas de aulas, teremos 12 horas de atividade produtiva. Considerando que nos finais de semana será preciso estudar para provas e realizar trabalhos, veremos que realmente é um percurso que exigirá dedicação e comprometimento.

Apesar de às vezes parecer quase impossível, o ideal seria deixar ao menos um dia para descanso total – normalmente o domingo.

Mas um detalhe importante: em geral, o calendário acadêmico é bastante generoso no que se refere a férias. O mais comum é termos férias em julho e nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro. Pois, tirando algumas diferenças pontuais entre instituições, são 4 meses de estudo no primeiro semestre e 4 meses de estudo no segundo semestre:

1 Semestre: março, abril, maio, junho

2 Semestre: agosto, setembro, outubro, novembro

Portanto, apesar do esforço empreendido nesses meses, o tempo de descanso nas férias também será importante para restabelecer as forças.

A escolha do curso

Se o curso escolhido é um curso que será útil no futuro, certamente haverá mais motivação para superar as dificuldades. E dificuldades certamente aparecerão aqui e ali. Por isso, é tão importante que o curso seja escolhido com calma e conscientemente.

Conscientemente significa ter plena consciência de fatores simples:

– O que é o curso;

– Como é o curso (grade curricular);

– Para que serve o curso (quais as áreas de atuação profissional que o curso possibilita à pessoa formada);

– E, por último mas não menos importante, saber se o curso é compatível com a personalidade. Este fator nos conduz ao próximo tópico:

Compatibilidade entre a personalidade o curso escolhido

De uma maneira bastante sintética, um curso (técnico ou faculdade) possui duas utilidades:

1) Ensinar conhecimentos

2) Ensinar uma atividade profissional

Por exemplo, a partir de certa idade (talvez pela ausência de estímulo da escola) eu passei a não gostar de estudar matemática. Portanto, qualquer curso que tenha matemática como uma base fundamental não será compatível com minha personalidade, ou seja, com o que eu desejo, quero, almejo e com as minhas habilidades cognitivas – como não tenho apreço pela matemática, acabo não tendo muito domínio sobre ela.

E se eu escolher um curso que exija a utilização da matemática no dia a dia, por exemplo, como contabilidade ou engenharia, certamente não serei feliz no longo prazo porque estarei tendo contato o tempo todo com o que não desejo ter ou quero fazer.

Com isso, conclui-se que é fundamental avaliar o curso mas também é imprescindível olhar para dentro e ver se os conteúdos e atuações profissionais ligadas à ele serão próximas do que se quer.

Se sim, se vamos querer estudar e trabalhar com o que vamos estudar, estudar à noite e trabalhar de dia será apenas e tão somente um dos desafios nessa jornada.

Conclusão

Para  concluir, gostaria de dizer que a vontade  de querer estudar é louvável. Para realizar o sonho de concluir um curso e ter mais opções no mercado, é preciso avaliar as circunstâncias nas quais estamos inseridos. Para algumas pessoas, não será preciso trabalhar, enquanto para outras a decisão está em estudar ou não estudar (não trabalhar não é uma escolha).

Para estas últimas, o ideal é fazer o levantamento de todas as possibilidades, especialmente de tempo e dinheiro para investir, além de saber racionalmente e conscientemente sobre o curso desejado. O caminho não será fácil, mas tendo em vista a possível recompensa futura, a motivação pode ser manter constante.

Concluo com o pensamento de Shinyashiki:

“Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes.
Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo.
Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo.
O sucesso é construído à noite!
Durante o dia você faz o que todos fazem.
Mas, para obter um resultado diferente da maioria, você tem que ser especial.
Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados.
Não se compare à maioria, pois, infelizmente ela não é modelo de sucesso.
Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chope com batatas fritas.
Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão.
Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina.
A realização de um sonho depende de dedicação, há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica, mas toda mágica é ilusão, e a ilusão não tira ninguém de onde está, em verdade a ilusão é combustível dos perdedores pois…
Quem quer fazer alguma coisa, encontra um MEIO.
Quem não quer fazer nada, encontra uma DESCULPA.”

Psicólogo Clínico e Online (CRP 06/145929), Mestre (UFSJ), Doutor (UFJF), Instrutor de Mindfulness e Pós-Doutorando (Unifesp), Coach e Presidente do Instituto Felipe de Souza. Como Professor no site Psicologia MSN venho ministrando dezenas de Cursos de Psicologia, através de textos e Vídeos em HD. Faça como centenas de alunos e aprenda psicologia através de Cursos em Vídeo e Ebooks! Loja de Vídeos e Ebooks. Você pode também agendar uma sessão de Coaching Online via Skype, Relacionamentos ou Carreira (faculdade), fazer o Programa de 8 Semanas de Mindfulness Online e Orientação Profissional Online. E não se esqueça de se inscrever em nosso Canal no Youtube! Email - [email protected] - Agendar - Whatsapp (11) 9 8415-6913