Olá amigos!

No final deste texto, você poderá ler uma super técnica para se sentir bem, todo dia e no final do ano. Mas antes de passarmos à técnica, gostaria de conversar com vocês sobre como a nossa mente, como a nossa psique (a psicologia é o campo de estudos da psique), tem formas muito curiosas de conceber a felicidade e a infelicidade.

Por exemplo, pense em um momento da sua vida no qual você estava muito feliz… pensou?

Bem, o mais comum é nos lembrarmos de um momento no qual tudo estava dando certo, como se tivéssemos três desejos e o gênio da lâmpada realizasse sete, dez desejos, ou seja, como se a vida exterior estivesse nos oferecendo muito mais do que nós estávamos esperando.

Pode ser a felicidade ao passar de primeira no vestibular, conseguir uma promoção e ganhar muito mais no trabalho, conhecer a pessoa dos seus sonhos e acabar descobrindo que ela também considera você a pessoa dos sonhos dela, pode ser ter um filho, uma filha, conseguir realizar aquela viagem tão esperada…

Enfim, cada pessoa encontrará no passado um momento no qual foi extremamente feliz. O que eu tenho praticamente certeza que será verdade será que na quase totalidade dos casos, nós vamos sempre pensar em eventos externos. Como se para nós a felicidade sempre tivesse que ser dependente, consequência disso ou daquilo. Sem isto ou aquilo, parece que não conseguimos ser feliz.

Algumas pessoas serão mais exigentes ainda. Só se sentirão felizes quando tudo der certo, em todas as áreas e com acontecimentos grandiosos. É como aquela roda de ratos, sempre buscando e querendo o que não encontra-se à disposição e deixando de lado o que já foi realizado e, principalmente, esquecendo das pequenas grandes vitórias do dia-a-dia (a técnica é sobre este aspecto).

A infelicidade, por sua vez, reside nos momentos em que as pessoas tem os chamados revéses do destino. Ao invés de dar tudo certo, tudo começa a andar pra trás, a dar errado, a sorte virando azar. Embora opostos no pensamento, a felicidade e a infelicidade compartilhariam assim o mesmo princípio, a dependência de condições externas.

Krishnamurti, um grande filósofo do Oriente, certa vez disse: “Este é o meu segredo: Eu não me importo com o que acontece. Essa é a essência da liberdade interior. Esta é uma verdade espiritual atemporal: Liberte-se do apego aos resultados, e – profundamente dentro de si mesmo – você se sentirá bem, não importa o que aconteça”~ (Jiddu Krishnamurti). 

Você consegue imaginar se colocar em um estado mental no qual não importa o que aconteça você se sentirá bem? Se você acha isto totalmente impossível, comece pela técnica abaixo e comece a valorizar as pequenas coisas.

Sugestão para se sentir bem

Eu encontrei esta técnica no facebook e por isso não consegui localizar quem foi a primeira pessoa a postar. De toda forma, se alguém souber quem teve a ideia, me informe que darei os devidos créditos:

“Pegue uma jarra ou um pote vazio e coloque no seu quarto. Toda vez que alguma coisa boa acontecer com você, não importa quão pequena seja, contando que tenha te feito sorrir, escreva em um papel porque você está feliz, dobre o papel e coloque no pote. No último dia de 2014 esvazie ele e veja quantos pequenos presentes a vida lhe deu. Faça isso todo ano”.

 

 

 

1512591_582588871820244_1851088543_n

 

 

Conclusão

Por que considero esta técnica uma excelente sugestão para você se sentir bem? Porque através dela você começará a valorizar as pequenas coisas da vida. Talvez você esteja se sentindo infeliz porque não está ganhando o valor que você pensa que poderia ganhar, mas você pode ficar feliz quando recebe um único pagamento, não é mesmo? Talvez você esteja procurando a pessoa dos seus sonhos e não esteja valorizando aquele amigo ou aquela amiga que é tão especial… talvez você esteja querendo comprar um produto e não esteja valorizando todos os outros que você já tem… talvez você esteja querendo fazer uma viagem internacional e não esteja dando o devido valor à sua casa, como ter um chuveiro elétrico, uma cama confortável…

Aos poucos, com esta técnica, você passará a valorizar o que já tem, o que já foi realizado, obtido, adquirido, emprestado. Você passará a valorizar uma ligação, um email, um contato, um dia de sol, um dia de chuva, um guardanapo, um sorriso até ver que a felicidade real é independente de tudo e qualquer coisa que aconteça fora de você.

Como diz Fernando Pessoa, no Livro do Desassossego: “A vida é para nós o que concebemos dela. Para o rústico cujo campo lhe é tudo, esse campo é um império. Para o César cujo império lhe ainda é pouco, esse império é um campo. O pobre possui um império; o grande possui um campo. Na verdade, não possuímos mais que as nossas próprias sensações; nelas, pois, e não no que elas vêem, temos que fundamentar a realidade da nossa vida.”

Psicólogo Clínico e Online (CRP 06/145929), Mestre (UFSJ), Doutor (UFJF), Instrutor de Mindfulness e Pós-Doutorando (Unifesp), Coach e Presidente do Instituto Felipe de Souza. Como Professor no site Psicologia MSN venho ministrando dezenas de Cursos de Psicologia, através de textos e Vídeos em HD. Faça como centenas de alunos e aprenda psicologia através de Cursos em Vídeo e Ebooks! Loja de Vídeos e Ebooks. Você pode também agendar uma sessão de Coaching Online via Skype, Relacionamentos ou Carreira (faculdade), fazer o Programa de 8 Semanas de Mindfulness Online e Orientação Profissional Online. E não se esqueça de se inscrever em nosso Canal no Youtube! Email - [email protected] - Agendar - Whatsapp (11) 9 8415-6913