Observou-se que a demanda psicoterapêutica vem crescendo, muitas pessoas investem dinheiro em sessões de psicoterapia ou psicanálise para melhorar sua qualidade vida. Porém, outras pessoas ainda se perguntar se vale a pena este investimento.

Para responder essa pergunta é importante esclarecer que para se tornar psicólogo é necessário ter graduação em psicologia (5 anos de estudos, estágios, supervisões, além da análise pessoal). E, depois de formado, o profissional procura se especializar através de cursos que realiza para aprimorar seu conhecimento e suas técnicas psicoterapêuticas.

Vale a pena investir seu dinheiro com psicólogo(a)?

É uma visão errônea das pessoas não achar necessário pagar $$ para ficar 50 minutos falando com alguém que não conhece, muitas pessoas preferem falar do que as chateia ou angustia para algum amigo ou familiar. Mas aí que está a diferença: quem fez terapia sabe que o psicólogo nunca julga os atos do individuo ou o obriga a realizar determina tarefa.

O psicólogo é aquele que escuta sem julgar, dando ao paciente a possibilidade de se expressar sem ser interrompido, fazendo suas interpretações através de técnicas psicoterapêuticas em que o paciente consiga se autoconhecer e entender os porquês de sua vida.

Aqueles que fazem ou já fizeram terapia sabe o quanto é importante ter alguém que não irá dizer “comigo também”, “calma, que tudo passa”, “esquece isso, logo você melhora”, isto é, o psicólogo não rouba a subjetividade do paciente, possibilita que a subjetividade do paciente apareça no setting terapêutico.

Voltando ao título deste texto, gostaria de fazê-lo refletir sobre o processo terapêutico.

Como é o processo terapêutico?

Imagine que sua mente é como seu corpo que precisa se exercitar e que também precisa se alimentar. Muitas vezes é necessário e até imprescindível você buscar ajuda especializada numa academia e/ou ir no nutricionista, pois, caso não se importe com seu corpo, ele irá se degastar e você poderá ter sérios problemas de saúde.

A vida psíquica funciona da mesma forma, se você não conhecer a si mesmo poderá ter problemas e cair em armadilhas geradas por você mesmo. Exemplo disso é aquela pessoa que se apaixona pelo mesmo tipo de individuo sempre e repete os mesmos erros e tem os mesmos sofrimentos ou pessoas bem sucedidas financeiramente, mas que não se sentem felizes com a vida que levam; entre tantos outros exemplos que poderíamos dar.

Conclusão

 Muitas pessoas vem para o atendimento depois de que algo sério já aconteceu, porém quando existem aqueles que procuram por psicoterapia antes de ter ocorrido algo é mais eficaz pois o individuo consegue se estruturar egoicamente, isto é, com o processo terapêutico o individuo tem mais estrutura para enfrentar os desafios da vida e para que consiga conhecer si mesmo.

Bruno Ricardo Pereira Almeida

Psicólogo Clínico

CRP: 06/119079

Fone: (15) 3521-2358

Visite meu site:

www.psicologobruno.com.br

Psicólogo (CRP 06/119079), Especialista em Psicanálise, Pós-graduado em RH, Palestrante e Consultor de Empresas. Visite meu site - Superando Desafios